Carro de Mano Brown soma mais de R$ 10 mil em multas

Segundo consta no site do Detran-SP, o veículo que o rapper conduzia soma mais de R$ 10 mil em dívidas.


Pedro Paulo Soares Pereira, conhecido como Mano Brown, foi detido nessa segunda-feira (6) após ser parado em uma blitz na avenida Carlos Caldeira Filho, número 1000, na Vila Andrade, na zona sul da capital. Após a abordagem, o líder do grupo Racionais MCs foi levado ao 37º DP para prestar depoimento ao ser acusado de desacato.

Segundo consta no site do Detran-SP, o veículo que o rapper conduzia soma mais de R$ 10 mil em dívidas. O carro possui R$ 2.871,68 em dívida de multas e R$ 8.009,48 para regularizar seu licenciamento no IPVA.

De acordo com depoimento postado no Facebook pelo secretário de Direitos Humanos da cidade de São Paulo, Eduardo Suplicy (PT), o rapper foi agredido pelos policiais.

“No caminho, foi parado por batalhão de PMs. Abriu os vidros, desceu do carro. Mandaram ele elevar os braços por trás da cabeça. Brown pediu para não tocarem nele. Um forte policial deu-lhe um mata leão e o derrubou no chão. Diversos passaram a ofendê-lo. Algemaram-no e o levaram ao 37º DP, no Campo Limpo”, relatou o secretário, que foi até a delegacia para dar apoio ao músico.

Esta não é primeira vez que o líder do Racionais MCs é preso por desacato. Em 2004, Mano Brown foi autuado por desacato à autoridade no 92º DP do Parque Santo Antônio, na zona sul da capital paulista, quando foi abordado pelos oficiais que encontraram um cigarro de maconha em seu bolso.

 

Fonte: Terra