Caso Delson: Promotora diz não aceitar tese de acidente

O computador do fotógrafo foi periciado novamente e novas diligências foram realizadas

A promotora Clotildes Carvalho responsável pela investigação da morte do fotógrafo Delson Castelo Branco disse não aceitar a tese de que foi um acidente de trânsito.

O Ministério Público do Piauí determinou que a Polícia Civil retomasse as investigações da morte de Delson, dono do site Galera Show, que foi encontrado morto no dia 16 de novembro de 2011, após um mês desaparecido.

Seu corpo foi encontrado em estado de putrefação. As investigações seguem até a próxima sexta-feira (24/02).

Segundo informações de policiais, a tese da polícia é de que Delson foi vítima de um acidente de trânsito. O computador do fotógrafo foi periciado novamente e novas diligências foram realizadas.

Dra. Clotildes Carvalho pediu que fossem feitas novas diligências para que o caso fosse completamente resolvido. Ela considera que "ainda há dúvidas" na morte do fotógrafo.

A moto de Delson, uma Yamaha de placa NIC 7283 foi encontrada junto ao corpo embaixo de ponte próxima ao conjunto Tancredo Neves, na BR-343.. A outra moto envolvida no acidente era ocupada por três pessoas.





















Fonte: Portal Meio Norte