Ceir inicia atendimentos a pessoas com deficiência intelectual em Teresina

Em seguida, procurar o setor de marcação de consultas online do SUS no posto de saúde ou Secretaria da Saúde do seu município e selecionar o procedimento de triagem da deficiência

O Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) já está atendendo pessoas com deficiência intelectual. A marcação de consultas é realizada no sistema online do SUS.

Para ter acesso ao serviço de reabilitação, representantes de pessoas com deficiência intelectual ou com Transtorno de Espectro Autista (TEA) devem procurar a Unidade de Saúde mais próxima de sua residência e fazer uma consulta com um médico do PSF ou credenciado pelo SUS e solicitar o preenchimento da guia de marcação de consultas do SUS.

Em seguida, procurar o setor de marcação de consultas online do SUS no posto de saúde ou Secretaria da Saúde do seu município e selecionar o procedimento de triagem da deficiência desejada para a reabilitação no Ceir.

"Inicialmente, estamos fazendo o processo de triagem dos pacientes que já realizaram suas marcações de consulta. Após a triagem, que consiste na avaliação inicial para identificar se a pessoa realmente necessita da reabilitação intelectual oferecida no Ceir, iniciamos, de fato, a reabilitação desse paciente", explica a gerente da Reabilitação Intelectual do Centro, Maria Andréia Barreto.

Segundo Maria Andréia, os profissionais do Ceir estão sendo capacitados para atender as pessoas com deficiência intelectual ou com Transtorno de Espectro Autista (TEA).

Neste mês, 37 profissionais do Centro participarão da VII Jornada de Autismo do Piauí, realizada pela Organização de Amigos dos Autistas do Piauí (AMA).

O Centro Integrado de Reabilitação (Ceir), que atende pessoas com deficiência física motora há quase sete anos, foi qualificado pelo Ministério da Saúde como Centro Especializado em Reabilitação III. Com isso, a instituição passa a ofertar atendimento àqueles que têm deficiências auditivas e intelectuais.

Fonte: Jornal Meio Norte