Ceir passa a atender deficiências auditivas e intelectuais no Piauí

Ceir inicia, neste mês, o tratamento de pessoas com deficiências

Há mais de sete anos como referência no tratamento de pessoas com deficiência físico-motora do Piauí, o Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) inicia, neste mês, o tratamento de pessoas com deficiências intelectuais.


Image title

A novidade vem da qualificação que o Centro recebeu do Ministério da Saúde como Centro Especializado em Reabilitação (CER), do tipo III. Além dos atendimentos para as pessoas com deficiências físico-motoras, agora o Ceir vai reabilitar pessoas com deficiências auditivas e intelectuais.

De acordo com a gerente de Reabilitação Intelectual do Ceir, Maria Andréia Marques, a instituição terá três clínicas para atender as deficiências intelectuais. São elas: clínica de Síndrome de Down, clínica de Transtornos do Espectro Autista e clínica de Deficiência Intelectual.

Maria Andreia ainda ressalta que, há mais de dois meses, os profissionais da instituição estão recebendo capacitação para o aperfeiçoamento dos serviços e atendimentos prestados, especialmente para os novos usuários do Centro.

“Desde o mês de abril estamos realizando a triagem, que consiste na avaliação inicial para identificar se a pessoa realmente necessita do tratamento oferecido no Ceir. Os pacientes admitidos para realizar a reabilitação já seguiram para as consultas médicas. Agora, estamos no processo da avaliação global para, na segunda quinzena deste mês, iniciarmos de fato o tratamento”, comenta Maria Andréia.

A avaliação global consiste em atendimentos feitos por uma equipe de profissionais formada por neuropediatras, psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, entre outros. Neste processo, o paciente tem suas deficiências avaliadas para, em seguida, ser encaminhado para a clínica em que receberá seu tratamento.

Como vai funcionar o tratamento de reabilitação intelectual 

Reabilitação e Inclusão Social. É o que define o objetivo principal do tratamento ofertado pelo Centro Integrado de Reabilitação (Ceir). Para isso, o Centro dispõe de uma equipe multidisciplinar para o tratamento do paciente, disposta em clínicas e grupos de atividades.

“No Setor de Reabilitação Intelectual não será diferente”, destaca a gerente do Setor, Maria Andréia Marques. Ela explica que, nas clínicas de Síndrome de Down, de Transtornos do Espectro Autista e de Deficiência Intelectual, os pacientes serão direcionados para grupos de atividades que auxiliarão o tratamento.

“Dependendo da idade e das necessidades do paciente, ele será direcionado para um grupo. Os grupos são: estimulação precoce, estimulação integrativa, acolher, aprender, intensivo de habilidade, treinamento na vida adulta, comunicação e linguagem”, explica Maria Andréia.

Saiba como realizar tratamento no Ceir

Para ter acesso ao serviço de reabilitação ofertado pelo Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) às deficiências físicas motoras, auditivas, intelectuais, aos Transtornos do Espectro Autista (TEA) e à Síndrome de Down as pessoas devem procurar a Unidade de Saúde mais próxima de sua residência e fazer uma consulta com um médico do PSF ou credenciado pelo SUS e solicitar o preenchimento da guia de marcação de consultas do SUS.

Em seguida, a pessoa deve procurar o setor de marcação de consultas on-line do SUS no Posto de Saúde ou Secretaria de Saúde do seu município e selecionar o procedimento de triagem da deficiência desejada para a reabilitação no Ceir.

Fonte: Jornal Meio Norte