Celulares piratas serão bloqueados a partir do ano que vem

Esse “negócio da China” está com os dias contados devido a uma resolução da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)

Celulares com TV, rádio, câmera de vídeo e capacidade para usar três chips ao mesmo tempo. Tudo por menos de R$ 100. A oferta é tentadora, mas, como esse ?negócio da China? está com os dias contados devido a uma resolução da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ? que prevê o bloqueio do sinal de aparelhos não homologados a partir de 2014 ?, os modelos contrabandeados do Oriente começam a desaparecer de mercados populares do Rio, como o da Rua Uruguaiana, no Centro.

De acordo com o presidente da consultoria Teleco, Eduardo Tude, o uso de celulares sem homologação sempre foi proibido, mas, somente agora, a Anatel começou a pôr o plano de bloqueio dos aparelhos em ação.

? A previsão é que não apenas os contrabandeados, mas também os telefones roubados possam ser bloqueados para uso no futuro ? explicou Tude.

Falsificação maior

Até o ano passado, os modelos conhecidos como ?xing-lings? ? de marcas desconhecidas ? eram vendidos no mercado negro por preços a partir de R$ 50. No Mercado Popular da Uruguaiana, na última terça-feira, porém, a maior parte dos aparelhos expostos parecia de fabricantes famosos. O problema era a procedência duvidosa.

? Não é original, mas tem a marca inscrita no aparelho ? contou um vendedor, ao ser perguntado se os vários modelos ?Samsung? arrumados na vitrine do box onde trabalha eram originais.

Procuradas, Claro, Oi, TIM e Vivo preferiram não comentar a respeito do bloqueio. O SindiTelebrasil, que representa as operadoras, informou que as regras ainda não foram estabelecidas. A Anatel informou que ?qualquer medida buscará, sempre, a minimização dos impactos aos usuários?.

Fonte: Extra