Cerca de 25 pessoas passam por cirurgina neste sábado no HGV

A ação visa não deixar paciente sem atendimento no fim de ano

As cirurgias foram realizadas neste sábado (Crédito: Divulgação)
As cirurgias foram realizadas neste sábado (Crédito: Divulgação)



O Hospital Getúlio Vargas (HGV) operou nesta sábado (26) cerca de 25 pacientes transferidos do Hospital de Urgência de Teresina (HUT). A ação, uma parceria entre a Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) e HGV objetiva o atendimento de pacientes para que eles não fiquem esperando durante o fim do ano.

Segundo a diretora do HGV, Clara Leal, apesar do hospital não possuir atendimento de urgência, ele funciona como retaguarda para o HUT e outros hospitais de Teresina e interior e por isso não pode parar.

O cirurgião ortopédico Wilson Rodrigues, explica que os pacientes atendidos são aqueles que não podem aguardar por muito tempo, pois correm o risco de ter uma infecção e por isso vir a óbito. "São pacientes vulneráveis a complicações e tem que ter atendimento rápido", ressalta o ortopedista.

Participaram da ação neste sábado (26), os cirurgiões ortopédicos José Wilson Rodrigues, Joel Campos e Marcelo Lopes; os cirurgiões gerais, Carlos Renato e Fernando Lopes, além dos anestesistas José Miguel, Aldo e Edilene. As enfermeiras Rita de Cássia e Letícia Luz também integraram a ação, assim como o pessoal de apoio e técnicos de enfermagem.

A ação já beneficioou cerca de 500 pessoas nas especialidades como Ortopedia, Vascular Urologia, Ginecologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia e Cirurgia Geral..

 "Essas são ações que ocorrem paralelamente aos procedimentos cirúrgicos que o Hospital já realiza durante a semana, e que nos têm dado suporte para otimizar o total de cirurgias e, assim, minimizar o tempo de espera de quem aguarda por uma intervenção cirúrgica nessas especialidades", explica a diretora do HGV, Clara Leal.

Fonte: ASCOM