Cerca de 7 mil casos suspeitos de dengue são registrados no Piauí

A notificação foi realizada por 168 municípios piauienses.

O Piauí já registrou 7.534 casos suspeitos de dengue, no período de janeiro deste ano até esta quarta-feira (2), o que representa uma redução de 0,4% em relação ao mesmo período do ano passado. A notificação foi realizada por 168 municípios piauienses. Os dados são da Coordenação de Vigilância em Saúde Ambiental, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi).

Apesar da pequena redução em relação ao mesmo período do ano passado, Estado, municípios e sociedade em geral devem continuar em alerta para evitar a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika.

Além disso, o Ministério da Saúde constatou a associação do zika vírus aos casos de microcefalia no país. Há suspeitas, ainda, da associação com a Síndrome de Guillain-Barré, doença que pode levar a pessoa infectada, entre outros sintomas, à paralisia.

A Secretaria de Estado da Saúde reforça a importância para a tomada de medidas no controle do mosquito transmissor como: verificar se a caixa d’água está bem fechada, não descartar lixo em terrenos baldios e manter a lata de lixo sempre bem fechada, não acumular água em vasilhames, colocar areia nos pratos dos vasos de planta, entre outras iniciativas deste tipo.

Image title

Síndrome de Guillain-Barré

2014 - 23 casos
2015 - 42 casos (última atualização em novembro)

Chikungunya

2014 - 2 casos
2015 - 2 casos

Zika Vírus

2014 – não houve registro
2015 - 3 casos

Microcefalia
2015 – 36 casos

Relação dos dez municípios com maior número de casos suspeitos de dengue

Teresina – 4867
Picos – 353
Parnaíba – 216
Oeiras – 103
São Raimundo Nonato – 95
Alvorada do Gurguéia – 77
Barras – 72
União – 72
Luís Correia – 67
Pedro II - 66

Fonte: Ascom