"Chico Anysio envia mensagem do além", diz viúva do humorista

Ela tem falado com o marido morto.

Cinco meses após a morte de Chico Anysio, a viúva do humorista, Malga Di Paula, lança site em homenagem ao artista e anuncia a criação do Instituto Chico Anysio, com sede no Rio de Janeiro. Um projeto sem fins lucrativos que tem a iniciativa de apoiar e desenvolver pesquisas com células-tronco no tratamento do enfisema pulmonar. À frente da instituição estão o geneticista João Tadeu Ribeiro-Paes e a psiquiatra Analice Gigliotti.





?Não sou cientista. O que eu pretendo é sensibilizar as pessoas como uma familiar que perdeu alguém que ama. É uma doença terrível, a qualidade de vida no final é muito ruim, o Chico sofreu muito. Ele dizia que a única coisa de que se arrependia na vida era ter fumado. É horrível a gente ver uma pessoa que a gente ama morrer sem poder respirar. O sofrimento dele foi muito grande, muito cruel?, disse a viúva durante coletiva de imprensa.

As iniciativas, segundo ela, são maneiras de superar a dor e manter viva a memória do humorista. ?Isso conforta. O Chico tinha essa preocupação e sempre falava: ?Será que as pessoas vão me esquecer quando eu morrer??. Eu dizia: ?No que depender de mim, o que eu puder fazer para eternizar você, eu vou fazer??, contou.

Na ocasião, a empresária ainda revelou que, apesar de não buscar nenhum tipo de experiência espiritual, ela tem falado com o morto. ?As mensagens sempre chegam. Ele tem se comunicado comigo nas coisas sutis e, às vezes, em coisas muito chocantes. Dia desses, eu estava triste com ele e pensei: ?Poxa, você não poderia ter feito isso comigo?. A empregada chegou, jogou algo em cima da cama e falou: ?Seu Chico mandou para a senhora?. E saiu. Olhei e era um pedido de desculpas dele. Era uma música que ele tinha feito para mim. Coisas assim, muito particulares, muito surpreendentes, como Chico era?, descreveu ela.

Malga também explicou que uma das finalidades do site é ser um espaço para declarações sobre quem o humorista foi e o que ele fez em vida, além de funcionar como uma loja virtual, vendendo produtos de Chico Anysio.

Fonte: O Dia Online