Cobra em avião obriga piloto a fazer um pouso de emergência

O incidente aconteceu na terça-feira (3).

Um piloto de avião australiano foi obrigado a fazer um pouso de emergência depois que uma cobra surgiu de trás do painel de comando e foi parar no seu colo.



O incidente aconteceu na terça-feira (3). Braden Blennerhassett, de 26 anos, que pilotava um avião da companhia Air Frontier, disse que ficou muito nervoso e que mal conseguia manter as mãos firmes.

Apesar disso, ele controlou seus nervos e pousou na cidade de Darwin, no norte do país, de onde o avião tinha partido.

Para piorar a situação, o diretor da companhia aérea afirmou que a cobra estava próxima do botão usado para comunicação com a torre de comando, o que impossibilitou que ele se mantivesse em contato com as pessoas no solo.

O piloto disse na quinta-feira à rede australiana de televisão ABC que nunca tinha visto uma cobra antes, apenas em filmes. Em especial, no filme "Serpentes a Bordo", de 2006, onde várias cobras são soltas durante um voo em que um prisioneiro está sendo transportado.

Blennerhassett estava sozinho a bordo do avião Beechcraft Baron G58, transportando apenas uma carga.

Depois que o piloto conseguiu aterrissar, os bombeiros não conseguiram retirar o animal da aeronave. Eles tentaram usar uma armadilha com um rato para atrair a cobra, mas não conseguiram localizar o animal. Na quinta-feira, o avião continuava no pátio do aeroporto.

Um guarda florestal da região acredita que se trata de uma cobra do gênero Chrysopelea ornata, que não é venenosa.

Fonte: G1