Colégio tranquiliza alunos em Teresina

A direção do colégio Certo encaminhou nota a redação do Portal Meio Norte onde descarta queixas de alunos ou funcionários sobre sintomas da gripe A

A direção do colégio Certo encaminhou nota a redação do Portal Meio Norte onde descarta queixas de alunos ou funcionários sobre sintomas da gripe A. O professor Sérgio Gustavo, que teve morte confirmada como vítima da gripe A, ministrava a disciplina de biologia no colégio Certo.

"O Colégio Certo, após tomar conhecimento da morte do professor Sérgio Gustavo, ocorrida no dia 13/09, possivelmente por ter sido infectado pelo vírus H1N1, reuniu-se junto com mais duas escolas de Teresina, na Fundação Municipal de Saúde, comandada pelo Dra. Amarílis Borba. Na oportunidade, estavam presentes dois médicos infectologistas, membros da Fundação, que de forma bastante segura e dedicada foram esclarecendo e orientando a todos a melhor forma de combater essa pandemia que afeta nosso país.

Esse encontro objetivava colher o máximo de informações possíveis para que as escolas adotassem medidas preventivas contra esse vírus, e nós do Colégio Certo desde aquele instante nos posicionamos de forma bastante agressiva nesta luta já que tivemos contato com o professor até quinta-feira (10/09), embora até essa data ainda não soubéssemos de que se tratava do 1º caso no Piauí de morte provocada pelo vírus supracitado.

Vale ressaltar que o prazo máximo para que os efeitos da gripe A se manifestem em alguém que teve contato com uma pessoa contaminada pela doença é de 07 (sete) dias. Portanto, já faz 11 dias desse contato e até agora não chegou ao nosso conhecimento nenhum caso por parte de aluno, professor ou funcionário que tenha apresentado qualquer queixa. Dessa forma, queremos tranqüilizar todos os alunos e pais de nossa escola pelo fato de termos adotado todas as medidas que nos foram repassadas pela equipe técnica da Fundação Municipal de Saúde". A direção.

Fonte: Portal Meio Norte, www.meionorte.com