Com ações preventivas, Piauí reduz em 60,3% os casos de dengue

O estado e os municípios intensificaram a visita aos domicílios

O Piauí notificou 1305 casos de dengue, uma redução de 60,3% em relação ao mesmo período do ano passado, em que registrou 3.285 casos. Os dados são da Coordenação de Vigilância em Saúde Ambiental, da Secretaria de Estado da Saúde.

De acordo com o boletim oficial, em 2016, a notificação dos casos foi realizada por 105 municípios piauienses, o que aponta uma redução de 17,3% também em relação ao ano passado.

Apesar da significativa redução dos casos notificados, Estado, municípios e a sociedade em geral devem continuar em alerta para evitar a proliferação do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika.

A Secretaria de Estado da Saúde indica que algumas medidas básicas, como verificar se a caixa d’água está bem fechada, não descartar lixo em terrenos baldios e manter a lata de lixo sempre bem fechada, não acumular água em vasilhames, colocar areia nos pratos dos vasos de planta, entre outras iniciativas deste tipo auxiliam no controle da doença.

O estado e os municípios intensificaram a visita aos domicílios garantindo 98% de cobertura nas zonas urbana e rural através dos agentes comunitários de endemias em cumprimento ao Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia (PNEM/PI).

Microcefalia

A atualização do boletim epidemiológico mostra que no Piauí foram notificados 154 casos suspeitos de microcefalia associados a processo infeccioso. Destes, vinte e cinco continuam em investigação, 72 já foram confirmados e 57 descartados.

O Piauí está mais atuante na investigação dos casos, por isso se tem um maior descarte entre os registros de notificações da doença.

Números da Zika e Chikungunya

O Piauí notificou 8 casos suspeitos de zika vírus e de febre chikungunya são 19 casos notificados como suspeitos e um caso confirmado laboratorialmente.

Fonte: Com informações do Portal do Governo