Com guarda disputada, bebê achado em lixo no Ceará é mandado a abrigo

Secretária que cuidou do bebê teve a guarda legal do bebê por um dia.

A Justiça de Itaitinga, no Ceará, determinou nesta terça-feira (13) que a secretária de Saúde da cidade, Simone Monteiro Silva, devolvesse o bebê recém-nascido que foi achado em saco dentro de uma lata de lixo. O juiz substituto da comarca de Itaitinga Jorge Cruz de Carvalho afirmou na decisão que a criança deve ser encaminhada a um abrigo, onde deve aguardar por uma adoção por pessoas cadastradas para receber os bebês.

?O fato de uma pessoa ter achado o bebê não a coloca na prioridade para adotar a criança. Ela deve aguardar na fila, conforme a lei?, explica o juiz Jorge Cruz. A secretária da Saúde e a lojista que encontrou a criança na lata de lixo, Maria da Conceição, lutam na Justiça pela guarda da criança, mas nenhuma delas é cadastrada no serviço de adoção, segundo o magistrado.


Com guarda disputada, bebê achado em lixo no Ceará é mandado a abrigo

"Ela foi enviada a mim, eu sempre tentei ter um filho e não consegui e agora ela chegou a mim. Foi enviada por Deus", disse a secretária quando recebeu a guarda da criança. Um dia depois, uma nova decisão da Justiça determinou a ida da recém-nascida a um abrigo para aguardar a adoção seguindo os trâmites previstos em lei.

Ainda segundo o juiz, há um casal em Itaitinga na lista para adotar uma criança, que tem a prioridade para ser os pais da menina batizada como Vitória pela secretária Simone Monteiro. O bebê foi tirado de Simone na noite de terça-feira, depois de ter passado um dia com a guarda legal de Vitória e preparado o enxoval da criança.

O bebê recém-nascido foi encontrado vivo nesta sexta-feira (9) dentro de uma lata de lixo no município de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O bebê foi achado por duas pessoas que passavam pelo local e viram algo se mexendo dentro de um saco de lixo. Uma testemunha diz que abriu o saco e encontrou o bebê, ainda com o cordão umbilical. Após cuidados médicos, o bebê recebeu alta no sábado (10).

O recém-nascido foi levado para o hospital municipal de Itaitinga, onde recebeu os primeiros socorros. De acordo com o médico Rômulo Pontes, que atendeu a criança, ela chegou ao hospital em bom estado de saúde. "A criança chegou ao hospital com poucas horas de vida, bem corado e ainda com o cordão umbilical lacerado", relata.

Fonte: G1