Apontando uma lança no pescoço, índios exigem casa de alvenaria

Apontando uma lança no pescoço, índios exigem casa de alvenaria

A revolta ocorreu logo após o consórcio ter oferecido casas de madeira aos índios desalojados.

Índios da aldeia Xikrin, expulsos de suas terras por causa da construção da Usina de Belo Monte, no sudeste do Pará, ameaçaram funcionários da Eletronorte com lança no pescoço na manhã desta terça-feira (11), em Altamira. Acabou o Brasil! mostra as imagens com exclusividade!

A revolta ocorreu logo após o consórcio ter oferecido casas de madeira aos índios desalojados. O cacique exigiu casas de alvenaria, de cimento, como a usina será.

As demais famílias brancas removidas das áreas de alagamento também vão morar em casas padrão, de madeira, como foi oferecia às tribos indígenas.

A reunião segue tensa em função da dificuldade das línguas. Após colocar a lança no pescoço de alguns funcionários, que permaneceram imóveis diante da ameaça, os demais índios se levantaram e dançaram na frente dos representantes da Eletronorte.

Quem estava lá disse que a dança é usada em rituais de guerra:


Bebê é abandonada dentro de caixa em frente a apartamento


Bebê é abandonada dentro de caixa em frente a apartamento

Fonte: r7