Combatendo a queda de cabelos , veja os tratamentos

Combatendo a queda de cabelos

A calvície não afeta mais só os homens: vem crescendo o número de mulheres que sofrem com esse problema, que é causado por uma miríade de fatores. No Brasil o problema já atinge cerca de 40% da população feminina, segundo levantamento feito em 2010.

E como identificar quando a queda está se tornando de fato um problema? "É normal perder 100 fios por dia, em média. Se eles caírem excessivamente por mais de três meses, é preciso procurar um médico dermatologista", explica Leila Bloch, médica dermatologista, cirurgiã capilar, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da ISHRS - International Society of Hair Restoration Surgery.

As causas variam muito, e a principal é mesmo a hereditariedade. Há ainda outras, que incluem doenças como alterações de tireoide, deficiência de ferros e vitaminas e dermatite seborreica. Entre os fatores esporádicos incluem-se estresse e pós-parto.

"É preciso ficar alerta quando os fios caem rapidamente e começam a afinar, quando a pessoa percebe diminuição de volume, presença de falhas ou rarefação capilar em algumas áreas do couro cabeludo. A mulher consegue perceber isso até mesmo pela necessidade de dar mais voltas no elástico quando faz um rabo de cavalo", diz Leila.

Tratamentos

Os tratamentos para a calvície ou queda de cabelos devem sempre ser prescritos por um médico dermatologista. Muitas vezes, as loções capilares, de uso tópico, dão conta do recado, especialmente quando a queda não é ainda acentuada ? procure aqueles formulados com minoxidil, substância que prolonga a fase de crescimento dos fios.

Métodos mais invasivos, como o chamado peeling capilar, podem ser usados também como forma de combater a descamação e a oleosidade e, assim, reduzir a inflamação e minimizar a queda. Já a indradermoterapia consiste em injeções de minoxidil, D-pantenol e fatores de crescimento, e é indicada para acelerar a interrupção da queda. Há ainda tratamentos com laser, que estimulam o crescimento dos fios.

Já para casos avançados, a médica destaca o transplante capilar, cirurgia capaz de aumentar a quantidade de cabelo.

Fonte: ;p