Comerciários avaliam contra proposta de lojistas no dia 18

A contra proposta apresentada pelo Sindicato dos Lojistas será levada para assembleia, que acontece na noite da próxima sexta-feira

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUARTA-FEIRA (16) DO JORNAL MEIO NORTE

Os comerciários se reuniram, hoje (15), com a classe patronal, para discutir as reivindicações da categoria e tentar entrar em acordo e por fim à greve, que já dura quase 15 dias. A contra proposta apresentada pelo Sindicato dos Lojistas será levada para assembleia, que acontece na noite da próxima sexta-feira (18).

Segundo a contra proposta da classe patronal, os comerciários passarão a receber ticket alimentação de R$ 6,00, uma das principais reivindicações da categoria. Já o piso salarial deverá ficar R$ 820,00. Hoje o salário é de $R 791,00. Além disso, as cláusulas de reuniões anteriores serão mantidas, como a folga do carnaval, que inicia no sábado às 14h até a terça-feira. Na quarta-feira de cinzas, os comerciários voltam ao trabalho, mas para uma jornada de apenas quatro horas.

Além disso, para os domingos trabalhados, no período de final de ano, quando o comércio passa a funcionar todos os dias, será pago ao comerciário o valor de R$ 38,00. ?Nós vamos levar essa proposta para a assembleia e se a categoria decidir, nós acabamos com a greve. O piso ficou bem distante do que nós pedíamos inicialmente, mas aquele valor era apenas uma proposta, para ser negociada. Nós conseguimos o ticket alimentação e a manutenção das cláusulas anteriores e isso já é um grande avanço?, afirmou José Pereira dos Santos, do Sindicato dos Comerciários.

Fonte: Pollyana Carvalho