Pan: Comitê brasileiro proíbe sexo entre atletas durante jogos

Pan: Comitê brasileiro proíbe sexo entre atletas durante jogos

Detalhe importante: no manual de conduta que também é entregue aos atletas pela entidade, fazer sexo no Pan está expressamente proibido

Oito camisinhas, distribuídas em dois pacotes. Esse é um dos itens que os atletas brasileiros que foram ao Pan de Guadalajara ganharam no kit oficial distribuído pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Detalhe importante: no manual de conduta que também é entregue aos atletas pela entidade, fazer sexo no Pan está expressamente proibido.

O UOL Esporte apurou a informação com três homens da delegação brasileira de diferentes modalidades. Um deles, inclusive, usando bom humor e falando em tom de brincadeira, disse que oito preservativos era um número pequeno para os 17 dias de Pan.

Sexo e relacionamentos que acontecem dentro da Vila Pan-Americana são um tabu para a maioria dos atletas ao tratar do assunto publicamente. Falar de paquera e flerte já é para poucos entre a delegação brasileira.

No entanto, os casos acontecem seguidamente, assim como em qualquer outro grande evento esportivo. Os Jogos Olímpicos são o melhor exemplo. Os organizadores sempre têm o cuidado de distribuir preservativos gratuitamente para os membros das delegações.

No Pan de Guadalajara, por exemplo, 1,5 milhão de camisinhas foram entregues para atletas e turistas. Assim como bem fazem os anfitriões de outras competições, os mexicanos carregam a bandeira do sexo seguro. O Comitê Olímpico Brasileiro também, apesar de proibir sexo nas linhas de seu manual.

Em 2008, nas Olimpíadas de Pequim, os chineses disponibilizaram cem mil camisinhas para os atletas, estoque que se esgotou durante a competição. Hotéis da capital chinesa receberam cerca de 300 mil unidades durante os Jogos.

Em Guadalajara, dois dos atletas que falaram com a reportagem afirmaram já terem visto alguns companheiros de Brasil aos beijos com outros atletas na Vila Pan-Americana. Todos, contudo, evitam citar nomes ou até mesmo a modalidade dos paqueradores. Mas casos de amor rolam aos montes no Pan.

Fonte: uol.com