Cooperativas agropecuárias discutem fortalecimento do ramo no Piauí

Mais de 70 representantes do ramo reúnem-se nesta sexta e sábado, 27 e 28, em Picos.

O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Piauí (Sescoop/PI) promove nesta sexta e sábado, 27 e 28, o Encontro Estadual de Cooperativas Agropecuárias. O evento será realizado no Centro Tecnológico em Agronegócios Regionais do Piauí (Centapi), em Picos, com a presença de cooperados do ramo agropecuário de todo o estado. Mais de 70 representantes já confirmaram presença.

Este é o segundo encontro por ramo cooperativista no estado e segue as definições do Encontro de Intercooperação, ocorrido em dezembro/2014. “Estamos em fase de fortalecimento do sistema cooperativista piauiense, daí a diretriz de realizar encontros com os maiores ramos no estado, que são o Educacional, Agropecuário, Transporte e Saúde”, informa Flodoaldo Alencar, gestor do Sescoop/PI. Ele explica que a iniciativa tem o objetivo de traçar um panorama da realidade das cooperativas, buscar formas de intercooperação dentro do próprio ramo e com os demais e propor ações pontuais e continuadas que fortaleçam as cooperativas.

O encontro será aberto às 9h30 do dia 27 com apresentação da proposta do Programa de Desenvolvimento de Líderes Cooperativistas. Em seguida, haverá a palestra O Novo Código Florestal/Cadastro Ambiental Rural (CAR). Às 11h30, os participantes discutirão estratégicas e ações de fortalecimento das cooperativas agropecuárias. À tarde, às 14h, haverá uma reflexão conjunta sobre os desafios para esse fortalecimento e no sábado, 28, acontecerá a apresentação e discussão das propostas dos grupos de trabalho, os encaminhamentos, a avaliação final e um almoço de confraternização.

EDUCACIONAL – Este foi o primeiro ramo a realizar o encontro de fortalecimento do cooperativismo piauiense. O evento, realizado em janeiro, exatamente antes do início do período letivo, promoveu uma reflexão coletiva que definiu como principais avanços das cooperativas educacionais, a realização do I Encontro Estadual, a conquista de bolsas do Prouni, a credibilidade junto às suas comunidades, atuação dos alunos egressos, aprovação dos alunos no Enem, longevidade das cooperativas, a maioria com mais de 10 anos, formação dos cooperados e ser o ramo mais forte do estado.

Os participantes construíram um plano de trabalho para ser executado ao longo de 2015 pelas cooperativas que inicia com a elaboração do plano estratégico e de gestão das cooperativas e vai até o desenvolvimento de ações conjuntas como a implantação de uma gráfica e construção da Casa do Cooperativismo Piauiense. O plano passa por ações de intercooperação, intercâmbio com outros estados, formação continuada com elaboração de agenda de cursos, bolsas de mestrado, reinício de novos grupos de Cooperjovem e Jovemcoop, cursos de formação de jovens ccooperativistas e ações sociais e de comunicação.

Fonte: Assessoria