Corpo de vigilante é encontrado boiando no rio Poti

Corpo de vigilante é encontrado boiando no rio Poti

Familiares estão bastante abalados pela falta de ajuda e assistência que o corpo de bombeiro deveria prestar à mesma

INFORMAÇÕES VIA FLASH DO REPÓRTER RICARDO MOURA FÉ

O vigilante Roberto do Nascimento Santos, de 55 anos, foi encontrado na madrugada desta terça-feira (14) por volta das 0h e 30 min, após ser vítima de afogamento, às margens do Rio Poti.

A família do vigilante, residente no Bairro Porenquanto, disse que Roberto era epiléptico e que mesmo sob restrições médicas, insistia em ir à pescarias.

Roberto saiu de casa para pescar e na segunda-feira por volta das 5 horas da manhã a família foi avisada de que ele teria se afogado.

A primeira providência tomada pelos familiares foi acionar o Corpo de Bombeiros de Teresina que realizaram buscas durante cerca de 48 horas, mas infelizmente não tiveram sucesso.

Para encontrarem o corpo de Roberto a família e amigos se reuniram para realizar buscas, e na madrugada desta terça-feira (14), observaram o corpo do vigilante nas margens do Rio Poti, abaixo da Ponte da Avenida Frei Serafim.

"O corpo foi encontrado emborcado e enganchado num ferro próximo ao cocal", declarou Wladimir, familiar da vítima que participou das buscas.

Familiares estão bastante abalados pela falta de ajuda e assistência que o corpo de bombeiro deveria prestar à mesma. Eles declararam revolta ao mau atendimento recebido, disseram também que o motor da lancha usada pelos bombeiros ao realizarem a busca, não está em boas condições, faltou gasolina e os tubos de mergulho não eram suficientes para realizarem o trabalho.

Fonte: Fabrize Lima