Corpos de grávida e seu bebê mortos em acidente são velados abraçados

O corpo será encaminhado à Cruzeiro do Sul, no Acre, cidade onde a jovem nasceu.


Corpos de gr疱ida e beb mortos em acidente s縊 velados abra軋dos

O corpo de Gabriela Teles Messias, de 26 anos, foi velado na manhã deste sábado (29), em uma funerária no Centro de Manaus. A estudante de psicologia estava grávida de sete meses e é uma das vítimas do acidente entre uma caçamba e um micro-ônibus que matou 15 pessoas na noite desta sexta-feira (28), na Zona Centro-Sul da capital amazonense. O corpo será encaminhado à Cruzeiro do Sul, no Acre, cidade onde a jovem nasceu.

Gabriela trabalhava no setor de vendas de uma concessionária de veículos da cidade. No velório, a maioria dos presentes eram amigos. A estudante morava em Manaus há oito anos e contava com o apoio de quatro primos e um casal de tios. Gabriela também tinha um namorado, pai do pequeno Davi, o bebê que ainda ia nascer. Instantes após o acidente, uma equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tentou fazer o parto, mas o bebê não resistiu e também morreu.

O estudante Abner Fernandes Guimarães, de 18 anos, é um dos primos de Gabriela. Durante o velório, o jovem contou com tristeza que a prima estava procurando apartamento para alugar, já que, em Manaus, ela morava com uma amiga. "Ela morou um ano com a gente e, no sábado, nós estávamos procurando apartamento para ela ficar. Ela estava muito feliz, se preparando para ter o bebê, ser mãe", afirmou o primo da vítima.

Ao site AC, a tia da vítima, a jornalista Jaqueline Teles, a família vinha para Manaus em maio conhecer o bebê, que já estava prestes a nascer. "Ela estava tão feliz, ia ter o bebê em maio. A família quase toda ia para lá na Semana Santa, a gente ainda não tinha visto ela grávida. Quando a gente soube ficou todo mundo abalado", contou.

Gabriela estava voltando da faculdade, situada na Avenida Constantino Nery, próxima ao local do acidente, no momento da colisão. Ela seguia para o Conjunto Ajuricaba, situado na Zona Centro-Oeste de Manaus, onde morava. Triste, familiares e amigos mal conseguiam falar sobre a morte da jovem.

O corpo de Gabriela saiu da funerária, por volta de 11 horas, para o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na Zona Oeste da capital, onde seguiu em um voo para Cruzeiro do Sul, no Acre. O corpo da jovem será sepultado na cidade natal. O pequeno Davi foi colocado no mesmo caixão da mãe, do colo de Gabriela.


Corpos de grávida e bebê mortos em acidente são velados abraçados

Acidente

De acordo com informações da polícia e de testemunhas, um caminhão trafegava no sentido bairro-centro quando perdeu o controle, atravessou o meio-fio e invadiu a contra-mão, batendo de frente com o coletivo, que fazia a linha 825 (Redenção-Bairro da Paz). A colisão frontal ocorreu, por volta das 19h40, da sexta-feira (28).

Uma grávida estava no micro-ônibus. Ela morreu no local do acidente, segundo os bombeiros. Médicos chegaram a fazer o parto da criança, mas ela também não sobreviveu. Até o meio dia de sábado, foram confirmadas a morte de 15 pessoas.


Corpos de grávida e bebê mortos em acidente são velados abraçados


Corpos de grávida e bebê mortos em acidente são velados abraçados

Gabriela estava grávida; ela e o bebê morreram

Fonte: G1