Corregedoria conclui organização do arquivo judicial de Parnaíba

Esse trabalho foi realizado entre os meses de maio e julho de 2015

A Corregedoria Geral de Justiça do Estado do Piauí (CGJ-PI) concluiu o trabalho de organização do arquivo judicial da comarca de Parnaíba (a 340 km de Teresina). Ao todo, foram higienizados, catalogados e arquivados em caixas-arquivo padronizadas 24.604 processos. Esse trabalho foi realizado entre os meses de maio e julho deste ano.

Segundo Clarindo José Lopes Machado, servidor da CGJ-PI e integrante da Comissão Permanente de Avaliação Documental do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (CPAD-TJPI), todo o processo seguiu orientações de consultores da Fundação Getúlio Vargas (FGV), órgão conveniado com a Corregedoria para a implantação da nova Política de Gestão Documental do TJ-PI, assim como as normas do Conselho Nacional de Arquivos (Conarq) e as deliberações da CPAD-TJPI.

O acervo de processos arquivados das 1ª, 3ª e 4ª Varas Cíveis e 1ª e 2ª Varas Criminais de Parnaíba foi vistoriado, catalogado, acondicionado em caixas padronizadas e identificado em listas digitalizadas.

Os servidores da comarca de Parnaíba também passaram por treinamento referente à metodologia implantada, possibilitando os adequados manuseio e manutenção dos documentos guardados no arquivo judiciário local.

"Com o acervo do arquivo documental das unidades judiciárias organizado, garante-se uma maior celeridade à localização de processos, maior segurança quanto à custódia e preservação desses documentos, além de um ambiente menos insalubre para os servidores", explica o servidor Clarindo José Lopes Machado.

A escolha do arquivo judicial de Parnaíba como projeto-piloto desse trabalho deve-se a solicitação de magistrados e servidores da comarca. Participaram ainda da atividade os servidores Cláudio Barbosa e Adãonilde Assunção Bemvindo.

Fonte: Assessoria de Comunicação