Correios devem oferecer telefonia celular até o fim de 2014

A primeira etapa de atuação está prevista para ser implantada em outubro

Os Correios deverão oferecer até o fim do ano serviços de telefonia celular. A autorização do ministério das Comunicações para a prestação de serviços de telefonia móvel virtual, chamada de MVNO (Mobile Virtual Network Operator, do inglês operadora móvel com rede virtual) foi dada essa semana e permite à estatal firmar parcerias com empresas do setor de telecomunicações para oferecer o serviço a seus clientes.

A primeira etapa de atuação está prevista para ser implantada em outubro e terá a comercialização de chips e recarga de créditos. A segunda etapa incluirá venda de aparelhos e está prevista para o primeiro semestre de 2015. É previsto que o serviço seja levado a oito milhões de pessoas em cinco anos, tanto nos grandes centros, como em localidades menores e mais remotas.

O MVNO consiste na prestação do serviço móvel celular por meio da rede de uma operadora tradicional, atuando sem rede própria em nichos de mercado onde as operadoras tradicionais não tenham interesse de atuar.

Para prestar o serviço, os operadores virtuais precisam firmar acordos comerciais com operadores móveis tradicionais, que têm licença e infraestrutura em operação. As empresas que oferecem o serviço alternativo têm obrigações semelhantes às teles, inclusive no cumprimento do Código de Defesa do Consumidor.

No caso dos Correios, a prestação do serviço deverá se basear em participação acionária da estatal em uma empresa brasileira de telecomunicações, com base em sua nova estratégia empresarial. A companhia que fará essa parceria ainda não foi anunciada.

Ainda segundo a empresa responsável pelo envio e recebimento de cartas, a rede de agência com aproximadamente 12 mil unidades de atendimento, pode melhorar o acesso do cidadão ao serviço de telefonia celular.

Fonte: Terra