Cresce 20,8% o número de municípios do PI com notificação de dengue

Os dados são coordenação de epidemiologia da Secretaria de Saúde

Segundo informe técnico da Coordenação de Epidemiologia da Secretaria de Estado da Saúde, o número de municípios com notificação de casos suspeitos de dengue em 2016 cresceu 20,8% em relação ao mesmo período de 2015, passando de 48 para 58.

Já a quantidade de casos suspeitos da doença houve redução de 44%, se comparado o mesmo período do ano passado: de 618, em 2015, para 346 em 2016.

A incidência de dengue também teve redução, desta vez de 44,1%, passando de 19,6 para 10,9 casos por 100.000 habitantes.

Dos municípios com notificações de dengue, em 11 já foram confirmadas as ocorrências da doença. Altos, Bom Jesus, Buriti dos Montes, Floriano, Francisco Macêdo, Monsenhor Gil, Picos, Piracuruca, São Luís do Piauí, Simplício Mendes e Teresina tiveram 118 casos confirmados em 2016.

O relatório traz, ainda, que, dos 224 municípios do Estado, 58 têm baixa incidência de dengue e 166 não apresentam ocorrência de dengue neste ano. Para o epidemiologista da Secretaria, Ocimar Alencar, “isso não quer dizer que não haja a doença nessas cidades. Essa ausência de registros pode ocorrer porque não foram registradas essas informações por parte dos municípios”, disse.

Municípios com casos confirmados de dengue em 2016:

Bom Jesus, Buriti dos Montes, Floriano, Francisco Macedo, Picos, Piracuruca, São Luis do Piauí, Simplício Mendes – 1 caso cada

Altos e Monsenhor Gil – 2 casos cada

Teresina – 106

Casos de Zika, Chikungunya e Guillan-Barré

Nos dois primeiros meses deste ano, foram notificados no Piauí seis casos de chikungunya, todos em Teresina, e três casos da Síndrome de Guillan-Barré. Nenhum caso de zika vírus foi registrado no Estado neste mesmo período.


Fonte: Portal MN