Criança se recusa pôr cinto, voo atrasa 45min e família deixa avião

Família teve de desembarcar do avião; criança tem 2 anos

Um voo da TAM que sairia de Brasília neste sábado em direção a São Paulo atrasou 45 minutos porque um bebê de 2 anos não permitiu que os pais colocassem o cinto de segurança nele. A criança, os pais e a irmã, que aparentava 6 anos, tiveram de deixar o avião e seguir em outro voo.

Família deixa avião (Crédito: Reprodução)
Família deixa avião (Crédito: Reprodução)

De acordo com uma passageira, o avião já estava taxiando para entrar na fila de decolagem quando o piloto anunciou “portas em manual” – procedimento para a abertura das portas de saída dos passageiros.

Ao questionar a comissária de bordo sobre a suspensão do voo, ela foi informada de que a criança se mexia muito e não permitia que os pais colocassem o cinto nela. Segundo a passageira, o bebê chorava muito enquanto o avião seguia para a decolagem.

O avião parou então em uma área fora da pista de decolagem até que uma van buscasse os pais e as duas meninas. Antes de seguir viagem, os passageiros tiveram de esperar que a bagagem da família fosse tirada do compartimento de carga.

 “A companhia reitera que a segurança é um valor imprescindível e todas as suas decisões visam garantir uma operação segura”, informou a TAM.

Fonte: Com informações do G1