Cultura maranhense ganha destaque nos Folguedos de Timon

Os teresinenses e das cidades do também estão convidados.

A cultura maranhense ganha destaque nos Folguedos de Timon: shows de forró, baião, quadrilha, danças populares, viola, bumba meu boi e muitas outras manifestações culturais que fazem parte da bagagem histórica e antropológica daquele município. Do dia 22 a 25 de junho foram as prévias, mas no final de semana festa tomará conta do Centro de Convenções maranhenses.

Hoje e amanhã ainda tem festa. "Nós estamos descentralizando os folguedos, que só aconteciam no centro da cidade. Realizamos prévias para o final de semana, dos dias 22 a 25, nos próprios bairros.

É uma forma de agregar a comunidade. As prévias foram realizadas nos bairros Joia, Parque Alvorada, Parque Piauí, São Francisco, Mutirão, Novo Tempo e finalizamos no São Benedito", revela Jairo Araújo, presidente da Fundação Municipal de Cultura.

Ainda de acordo com Jairo, os Folguedos de Timon, a prioridade é levar a festa à população. "Privilegiamos a população, que deve ter acesso a essas apresentações gratuitamente.

Essas apresentações também serviram para incluir muitos grupos, sobretudo da zona rural de Timon. Isto é muito importante para valorizar a cultura da cidade", avalia.

Os shows e apresentações são apenas parte da festa, pois a cultura da vizinha maranhense estará espalhada em todos os cantos do centro de convenções.

"Além de barracas, vamos fazer exposição do artesanato de Timon, e um cineminha, com uma mostra de filmes e do trabalho documentário que estamos fazendo um inventário do registro histórico do município", explica o presidente da FMC.

A programação de hoje (27) e amanhã (28) vão das 19h às 2h da manhã, com muita animação para o povo. Os teresinenses e das cidades do também estão convidados.

Folguedos levam festa para os bairros

Os Folguedos são organizados pela Prefeitura Municipal de Timon, através da Fundação Municipal de Cultura (FMC). As festividades de 2015 começaram na noite do dia 22, às 19h, concomitantemente em dois pontos: na Praça da Rua 100, no bairro Parque Piauí, e na Fundação Cidadania, no Parque União.

Nos dias seguintes, as apresentações foram aos bairros Novo Tempo, Mutirão, Parque Alvorada, Joia e São Benedito, encerrando no Centro da cidade, em um espaço com capacidade para até 15 mil pessoas, com arquibancadas, segurança, ambulância, bombeiros, banheiros, totalmente estruturado.

Ao todo, serão 70 apresentações culturais durante toda a semana do evento, a maioria de grupos locais, mas também com convidados de Teresina e São Luís.

Durante os três dias de festa no Centro de Convenções, haverá uma área reservada para cerca de cem barracas, ocupadas por artesãos locais, que poderão expor e comercializar seus produtos. Também acontecerá exibições audivisuais, que são o resultados da produção do Inventário e Documentação Audiovisual da Cultura Imaterial de Timon.

Fonte: Pollyana Carvalho e Lucrécio Arrais