"Cura gay" é alvo de atos pelo país e presidente da Câmara promete a jovens que "enterrará" projeto

"Cura gay" é alvo de atos pelo país e presidente da Câmara promete a jovens que "enterrará" projeto

“Cura para Feliciano”, pedia um dos cartazes

Cerca de 70 pessoas se reuniram no Largo da Carioca, no Centro do Rio, para protestar contra o projeto conhecido como ?cura gay?, aprovado na Comissão de Direitos Humanos da Câmara, presidida pelo deputado pastor Marco Feliciano (PSC-SP). Dali, o grupo se juntou a outros 500 manifestantes que caminhavam em passeata para a Cinelândia, também no Centro, exibindo mensagens de protesto contra o deputado. O projeto derruba a determinação do Conselho Federal de Psicologia (CFP), contrário a tratamentos de cura da homossexualidade. ?Cura para Feliciano?, pedia um dos cartazes.

Os manifestantes também levantam outras bandeiras, como protestos contra as chacinas ocorridas nas favelas do Rio. Vendedores ambulantes se juntaram à manifestação e exibiam faixas contra o prefeito Eduardo Paes.

Na tarde desta quarta-feira, em Brasília, representantes de vários movimentos se reuniram com o presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), que prometeu "enterrar" o projeto de "cura gay". O deputado apenas enfatizou que não tem poderes para destituir Feliciano da presidência da Comissão de Direitos Humanos, um dos ítens da pauta apresentado pelos representantes de movimentos.

Fonte: Extra