Custo da cesta básica registrou ligeira queda no mês de julho

Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) teve aumento; veja!

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), calculado pela Fundação Cepro, para o mês de junho de 2016, em Teresina, registrou aumento médio de 0,36% e no acumulado dos últimos 12 meses, 11,69%.

Em relação aos sete grupos que constituem a estrutura geral de cálculos, seis deles registraram aumento e o único com queda foi Transportes (-0,55%). Entre os aumentos agrupados, as altas mais destacas foram para Vestuário (+1,28%), Saúde e Cuidados Pessoais (+0,55%) e Artigos de Residência (+0,48%). Entretanto, o aumento de preço dos alimentos (+ 0,43%), foi decisivo para a formação do índice geral, tendo em vista o peso que assume na estrutura de gastos da população teresinense.

De acordo com os dados, o feijão continua sendo o grande vilão, tendo registrado aumento médio de 22,82%, no mês e acumulado de 47,86%, nos últimos doze meses.  Outro destaque é o aumento do preço do leite pasteurizado longa vida (+7,82%) em julho e 16,14% nos últimos 12 meses.

Na volta às aulas, o lanche das crianças também ficou mais caro. O iogurte aumentou 4,93%, sucos e similares 0,55%, presunto 4,69%, queijo mussarela 2,23% e bolos 4,98%. A única opção de lanche que teve queda nos preços em julho foi a fruta, que ficou mais barata, em média, 2,22%.

Já o custo da cesta básica registrou ligeira queda no mês de julho (-0,59%), totalizando R$ 331,32, na pesquisa dos doze produtos e quantidades descritos em lei.

Fonte: Portal do Governo do Piauí