Delegadas querem criar protocolo para atender vitimas de estupro

É importante que a polícia civil tenham elementos para punir.

A diretora de Gestão Interna da Secretaria de Estado da Segurança Pública do Piauí, Eugênia Villa, se reúne, nesta segunda-feira (13), com todas as delegadas da mulher e todas as delegadas mulheres lotadas no interior do Piauí. Objetivo da reunião é elaborar um protocolo de atendimento a vitimas de estupro.

De acordo com Eugênia Villa, é importante que a polícia civil tenham elementos suficientes para punir adequadamente quem comete esse tipe de crime. “A mulher vítima de violência sexual tem que ter um  tratamento especial. Além do trauma psicológico, a mulher precisa passar por um processo de profilaxia, ingerindo medicamentos que evitam a gravidez e combatem a possível infecção com doenças sexualmente transmissíveis, como a aids por exemplo. E o pior momento é quando ela vai à policia e revive tudo durante o depoimento. Nossa intenção é criar um protocolo objetivo, que facilite o trabalho da polícia e aprimore o atendimento a essas mulheres”, explica a diretora.


Fonte: Com informações do Portal do Governo