Preso posta foto no Facebook e delegado suspende visitas; saiba

Preso posta foto no Facebook e delegado suspende visitas; saiba

Delegado suspende visitas em cadeia do Paraná depois de preso postar fotos no Facebook


Delegado suspende visitas em cadeia após preso postar fotos na web

As visitas aos presos da delegacia de Uraí (416 km de Curitiba) foram suspensas esta semana depois que policiais descobriram fotos em um perfil do Facebook feitas e postadas por celular, de dentro de uma das celas, um dia depois de uma tentativa frustrada de fuga.

As imagens foram postadas pelo preso Leandro Martins de Oliveira, 22, preso há cerca de um mês por tráfico de drogas. Nelas, o preso aparece sozinho, simulando armas com as mãos, ou em pose com outros companheiros de cela.

A última foto foi postada pelo preso --conhecido como "Risadinha" --às 21h42 da última segunda-feira (10) com a mensagem ?uma boa noite a todos?. O perfil do jovem na rede social foi bloqueado.

Na madrugada do dia anterior, os policiais haviam sido alertados por vizinhos sobre um túnel feito pelos presos; verificada a situação, os agentes descobriram que a escavação tinha cerca de 5 metros de extensão e dava em uma casa vizinha.

A cadeia comporta até 12 presos, mas atualmente está com 60 --cinco vezes a capacidade-limite. Do total, segundo o delegado de Uraí, Adair de Oliveira, 32 são condenados, que, portanto, já deveriam estar em presídios do Estado.


Delegado suspende visitas em cadeia após preso postar fotos na web

?Os investigadores que descobriram as imagens no Facebook, o que nos surpreendeu, pois o preso é uma pessoa bastante simples, daqui mesmo, de Uraí, e ainda por cima usava um celular velho. Eu nem sabia que dava [para postar fotos e acessar a internet]?, disse o delegado. Segundo ele, uma varredura foi feita nas celas e outros três aparelhos foram descobertos em outras celas.

O delegado --que salientou estar "há uma semana no cargo?-- avaliou o episódio como ?falta grave? e ?crime de desobediência civil?. ?Instauramos um inquérito para saber como esses aparelhos foram parar lá. A desconfiança é que tenham sido trazidos por mulheres, durante as visitas, pois há limitações na vistoria delas quando entram. Infelizmente, é a lei?, disse, para justificar a suspensão das visitas.

O policial afirmou que o jovem confessou ter tirado e postado as imagens. ?Ele me disse que não sabia que isso poderia fazer tanto mal?, afirmou. Se cabe alguma sanção ao preso? ?Ele pode ter a pena agravada, mas isso será analisado?.

O delegado de Uraí disse ter pedido à Central de Vagas do Estado a transferência de parte dos detentos para outros distritos ou penitenciárias. Além da falta de estrutura, o policial relatou ainda que, além do município, atende ainda as delegacias de Rancho Alegre e Jatazinho; todas, no norte do Paraná.


Delegado suspende visitas em cadeia após preso postar fotos na web

Fonte: UOL