Protesto: Dentistas da Prefeitura de Teresina paralisam suas atividades

Protesto: Dentistas da Prefeitura de Teresina paralisam suas atividades

Ao todo, 358 cirurgiões-dentistas ligados à Fundação Municipal de Saúde irão suspender as atividades.

Os dentistas da Prefeitura de Teresina paralisarão as atividades por 24 horas em protesto à suspensão por parte do Executivo das negociações que tratam do reajuste salarial da categoria. Nesta quinta-feira (12), a partir das 8h, os trabalhadores da saúde bucal realizam assembleia geral, no auditório do Conselho Regional de Odontologia do Piauí (CRO-PI), para decidir sobre a possibilidade de decretar greve no município.

Ao todo, 358 cirurgiões-dentistas ligados à Fundação Municipal de Saúde irão suspender as atividades. ?A Prefeitura recuou na proposta que ofereceu à categoria, que foi de aumento salarial de 55% ao longo de quatro anos. Isso é um retrocesso, já que estamos desde janeiro de 2013 negociando com o executivo?, explicou o diretor do Sindicato dos Odontologistas do Piauí (Soepi), Marcondes Martins.

De acordo com o diretor sindical, a Prefeitura alega que o impacto financeiro na folha será elevado. ?Porém, o nosso questionamento diz respeito ao que vai ser repassado às outras áreas da saúde, como medicina e enfermagem, que irão receber juntas cerca de R$ 5 milhões. A preocupação com a Lei de Responsabilidade Fiscal deve ser para todas?, revela Marcondes Martins.

Fonte: Vicente de Paula