DER anuncia conclusão do prolongamento da avenida Gil Martins

As etapas da obra de responsabilidade do DER deverão ser concluídas

O diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagens do Piauí  (DER), José Dias, anunciou que as etapas da obra de prolongamento da Avenida Barão de Castelo Branco, de responsabilidade do DER, deverão ser concluídas dentro de duas semanas. Orçada em R$ 1,589 milhão, a obra é uma parceria entre o Governo do Piauí e a Prefeitura de Teresina.

De acordo com José Dias, o único problema burocrático existente para a conclusão da obra foi resolvido no início desta semana. “O atraso da obra se deu pelo fato da Eletrobras tardar a retirada de dois postes que se encontram no meio de umas das alças projetadas no prolongamento da avenida. Assim que os postes forem removidos, daremos continuidade à penúltima etapa que cabe ao DER, que é fazer a terraplanagem desta alça e a restauração asfáltica da mesma”, explica Dias.

O diretor garantiu que a presidência da Eletrobras já se manifestou positivamente e a retirada dos postes será feita já neste fim de sema, o que permitirá a conclusão da obra. “Podemos garantir que a equipe destacada para atuar no prolongamento desta avenida cumpriu todas as etapas, mas pelo fato da obra ter passado por inúmeros problemas burocráticos, dentre eles, indenizações de moradores, quebra de contrato e agora o atraso de remoção desses obstáculos, a demora na conclusão foi inevitável”, relata José Dias.

Ele complementa que, após a retirada dos postes, as etapas referentes ao DER serão finalizadas dentro de duas semanas e, a partir daí, fica a cargo da Prefeitura de Teresina apenas as instalações dos semáforos na altura da Gil Martins e na rotatória que interliga o prolongamento da avenida à rua 15 de Novembro, que dá acesso ao conjunto Morada Nova, zona Sul de Teresina.

A expectativa é de que a nova via reduza o fluxo de veículos na avenida Miguel Rosa, no trânsito das zonas Sul e Sudeste para o Centro da capital.

Fonte: Com informações do Portal do Governo