Detentos da Casa de Custódia recebem apostilas para o Enem

Enem para pessoas privadas de liberdade acontece em dezembro

Na última sexta-feira (23), internos da Casa de Custódia José Ribamar Leite, em Teresina, receberam, da Coordenação de Ensino Prisional da Secretaria de Justiça do Piauí, apostilas que serão utilizadas na preparação para a edição 2016 do Exame Nacional Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL), cujas provas acontecerão em todo o país nos dias 6 e 7 de dezembro.

As inscrições para o Enem no sistema pricional nacional começam no dia 3 de outubro e seguem até o dia 21 do mesmo mês. O edital do Exame foi lançado na última terça-feira (20) no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),http://portal.inep.gov.br/home. No Piauí, a meta do Governo do Estado é inscrever cerca de 500 detentos de 13 unidades prisionais estaduais.

Tiago de Sena Cunha, um dos internos da Casa de Custódia que recebeu a apostila, disponibilizada por parceria entre a Secretaria de Justiça e a Secretaria de Educação, celebra a oportunidade de estudar e buscar uma vaga no ensino superior.

“Para mim, representa uma oportundiade que tem sido dada para que eu possa mudar de vida, é uma porta que se abre para um bom futuro para mim”, avalia.

Outro detento que vai fazer o Enem e recebeu a apostila para ajudar nos estudos foi Edmilson Costa Bezerra. Para Edmilson, apesar de estar no sistema prisional, estudar dentro do presídio é uma oportundiade de futuro melhor para ele e sua família, assim que ele voltar para a sociedade.

“A gente se atualiza, para ter êxito na pontuação e poder escolher um curso bom. Tenho fé de que conseguirei”, afirma.

Segundo Jussyara Valente, coordenadora de Ensino Prisional da Secretaria de Justiça, a próxima revisão geral do Enem para detentos será em novembro. Todos os dias, no entanto, os detentos já têm acesso ao conteúdo, durante as aulas regulares nos módulos de ensino dos presídios.

“O material didático, as aulas e as revisões são uma forma de aumentar as chances de aprovação dos reeducandos no Enem”.


Detentos da Casa de Custódia recebem apostilas de preparação para o Enem (Crédito: Reprodução)
Detentos da Casa de Custódia recebem apostilas de preparação para o Enem (Crédito: Reprodução)


Fonte: Portal Meio Norte