Detran dá celeridade a exames práticos de processos de habilitação

As provas práticas são avaliadas seguindo as normas.

O Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), por meio da diretoria de Habilitação, reduziu de 14 mil para um mil, o número de processos para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) dos candidatos que residem no interior do Estado. Até o mês de dezembro deste ano, será dado prosseguimento ao cronograma que visa dar celeridade à execução de provas práticas em todo o Piauí.

De acordo com Venâncio Cardoso, diretor de Habilitação do órgão, desde janeiro, os examinadores viajam para o interior do estado dando vazão aos processos de retirada da CNH. “Ao perceber o acúmulo de processos, o Detran criou regionais para receber a banca examinadora e realizar os testes práticos, permitindo a descentralização dos exames no interior do estado”, explica Venâncio.

O diretor destaca que a ação faz parte de um conjunto de medidas adotadas pelo Detran com o intuito de otimizar e melhorar a qualidade dos serviços prestados aos usuários. A partir do segundo semeste, mais cidades receberão os examinadores do órgão. São elas: Valença, Paulistana, Esperantina, São Raimundo Nonato, Uruçuí, José de Freitas, Barras, Altos, Campo Maior e Oeiras.

“Realizamos um planejamento a fim de atender todos os municípios onde existem Centro de Formação de Condutores (CFC). Dividimos a equipe de examinadores em duas para que percorram as regionais e mais 10 cidades do estado”, pontua o diretor, acrescentando que a expectativa é que cerca de 450 exames práticos de percurso e baliza sejam realizados em apenas um dia, em cada cidade.

As provas práticas são avaliadas seguindo as normas da Resolução nº 168, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de 14 de dezembro de 2004, onde são estabelecidos normas e procedimentos para a formação de condutores de veículos automotores e elétrico, a realização dos exames, a expedição de documentos de habilitação, os cursos de formação, especializados, de reciclagem e dá outras providências.

Fonte: DETRAN-PI