Detran intensifica fiscalização da Lei Seca durante o Carnaval

Se beber, não dirija. Se dirigir, não beba.

O Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI) intensificou as blitzen da Lei Seca durante o Carnaval. A partir deste sábado (6), até a terça-feira (9), o órgão vai aumentar a fiscalização com etilômetros em cidades que costumam concentrar muitas pessoas durante o período festivo.

De acordo com o diretor de Infrações do órgão, Levi Gomes, o objetivo vai além de multar e punir os infratores. "O mais importante é a vida. Todo condutor sabe que não pode consumir bebida alcoólica antes de conduzir um veículo, porque isso põe em risco não só a vida dele como a de outras pessoas", explica o diretor.

Cidades como Barras, Floriano, Parnaíba, Luís Correia, Barra Grande, Cajueiro da Praia e Picos vão receber a fiscalização do Detran durante a festa do Rei Momo. "São cidades com grande fluxo de veículos e pessoas, que é mais um motivo para garantir que os condutores respeitem a lei e se comportem de forma responsável no trânsito. O mais importante é evitar acidentes e preservar vidas", ressalta Levi Gomes.

Além de fiscalizar a alcoolemia, as blitzen também estarão atentas ao uso dos itens de segurança, respeito aos limites de velocidade, as sinalizações e as ultrapassagens indevidas.

Quem for flagrado dirigindo sob a influência de álcool, com resultado entre 0,05 a 0,33 miligramas de álcool por litro de ar expelido, recebe multa de R$ 1.915,30, tem a carteira de habilitação recolhida e o veículo só pode ser retirado por outro motorista com carteira e que não tenha consumido bebida alcoólica.

Acima do limite 0,33 miligramas, o caso é considerado crime de trânsito, passível de multa de R$ 1.915,40 e prisão em flagrante do motorista, que pode receber pena de seis meses a três anos de detenção.

Fonte: DETRAN-PI