Detran-PI realiza blitz “VIVA. Não mate, nem morra”

A campanha possui o objetivo de reduzir os acidentes de trânsito.

O Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), através da Escola Piauiense de Trânsito (EPT), realizou na manhã desta segunda-feira (29), a I blitz “VIVA. Não mate, nem morra”. A ação, que faz parte da nova campanha do órgão com o objetivo de reduzir os acidentes de trânsito, aconteceu Avenida Nossa Senhora de Fátima, zona Leste de Teresina.

Durante a atividade, que se iniciou às 9h e terminou às 10h, os técnicos dda EPT, juntamente com educadores da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc), abordaram dezenas de condutores alertando sobre o respeito à sinalização e os cuidados no trânsito. Eles ainda distribuíram kits educativos com um guia de segurança no trânsito.

De acordo com a gerente de educação da EPT, Zulmirene de Sousa, a ação busca chamar a atenção dos condutores para as normas de segurança e os cuidados para evitar os acidentes de trânsito. “Nossa intenção é ter uma conversa rápida sobre a importância do cinto de segurança e os cuidados que todos devem ter para evitar acidentes. Acreditamos que a conscientização é o caminho que leva as pessoas a refletirem e adotarem uma postura mais humana nesse ambiente”, ressalta a educadora.

O supervisor de educação no trânsito da Seduc, Raimundo Araújo, destacou a parceria da secretária com o departamento na promoção de um trânsito mais seguro. ”A Seduc é parceira do Detran e está sempre preocupada com relação a educação e essa campanha trata justamente da educação no trânsito. É importante que o condutor saiba que ele nunca vai estar sozinho no trânsito e que o importante é a segurança”, explicou o supervisor, alertando para o aumento de acidentes causados por condutores que utilizam o telefone celular no trânsito.

“Quanto se está no celular, você tira a atenção do trânsito. O condutor fica impossibilita de olhar para via e exige coordenação visual e motora, o que desvia a atenção do trajeto e tira uma das mãos do volante. Além de ser infração de trânsito gravíssima. Essa combinação, celular e direção é muito perigosa”, alertou.

A campanha “VIVA. Não mate, nem morra”, seguirá realizando outras atividades voltadas para a educação dos condutores e a redução dos acidentes de trânsito em todo o Estado. A ação contou ainda com a participação Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) e Companhia Independente de Trânsito (CIPTran).

Fonte: DETRAN-PI