Devido a greve dos bancários, MEC prorroga prazos do Fies

Prazo agora vai até o 20º dia do mês seguinte ao do fim da greve

Nesta segunda-feira (12) o Ministério da Educação publicada uma portaria no Diário Oficial da União, prorrogando os prazos de validade de documentos destinados à contratação de financiamento e ao aditamento de contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A decisão foi tomada em razão da greve deflagrada pelo Sindicato dos Bancários no último dia 6, de âmbito nacional.

De acordo com o texto, os Documentos de Regularidade de Inscrição e os Documentos de Regularidade de Matrícula que tiverem prazos de validade expirados durante o período da greve e em até dez dias após o seu término deverão ser acatados pelos agentes financeiros do Fies para fins de contratação e aditamento da operação de crédito, até o 20º dia subsequente ao término da paralisação.

O Programa

O Fies é um programa do Ministério da Educação que financia cursos superiores com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Pode se inscrever às vagas remanescentes do Fies 2º/2016 o estudante que, cumulativamente, tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero e tenha renda familiar mensal bruta per capita de até 3 salários minimos. 


Fies (Crédito: Reprodução)
Fies (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações da Agência Brasil