Dia 05 de fevereiro: Dia Nacional da Mamografia

a cada 24 segundos é diagnosticado um novo caso de câncer de mama no mundo

Uma das principais causas de morte entre as mulheres no mundo, o câncer de mama é também a doença que mais mata as brasileiras. De acordo com dados oficiais de uma organização americana, a cada 24 segundos é diagnosticado um novo caso de câncer de mama no mundo e a cada 68 segundos, uma mulher morre em virtude da doença. Mais da metade dos casos acontece em países em desenvolvimento, como o Brasil.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de mama é a maior causa de óbitos por câncer na população feminina, principalmente na faixa etária entre 40 e 69 anos. Um dos fatores que dificultam o tratamento é a descoberta da doença em estágio avançado.

Para conscientizar a população sobre a importância do exame, foi criado, no ano passado, o Dia Nacional da Mamografia, comemorado em 5 de fevereiro. A mamografia ainda é a forma mais eficaz de detectar precocemente alterações nas mamas capazes de gerar um câncer, até mesmo as que, de tão pequenas, passam despercebidas no auto- exame. É o método de escolha para detectar lesões ainda impalpáveis da mama, possibilitando, assim, o tratamento precoce das alterações encontradas.

A mamografia é o exame mais recomendável para o diagnóstico preciso da doença. Ela deve ser realizada, anualmente, a partir dos 40 anos de idade. Caso a paciente tenha histórico de câncer de mama na família e ainda não tem 40 anos ou mais, o exame mamografico pode ser antecipado.

O diagnóstico tardio e avançado, a demora no atendimento e a má qualidade dos exames são algumas das causas dos altos índices de mortalidade por câncer de mama. Além disso, há a questão da desinformação, do preconceito e da falta de cuidado das mulheres com relação a sua própria saúde. Para a presidente do Instituto Oncoguia, Dra Luciana Holtz, ?estar informado é o primeiro passo para que possamos cuidar adequadamente da nossa saúde. O segundo é agir: indo ao médico, tendo hábitos de vida saudáveis e fazendo os exames regularmente?, comenta a presidente. Para o ano de 2010 são esperado 50 mil novos casos de câncer de mama no país.

Fonte: Assessoria