Dia do Piauí: Riqueza mineral atrai investidores para o Piauí

Opala existe apenas em dois lugares no mundo: Austrália e no município de Pedro II, no Piauí

?N?o se faz nada sem o min?rio. Todo o conforto humano passa pela minera??o?. Com essa afirma??o, o diretor de Recursos Minerais do Instituto de Desenvolvimento do Piau?, (IDEPI), Luiz Gonzaga Paes Landim, resume a import?ncia do min?rio para a civiliza??o humana. O Estado do Piau? tem potencialidades nessa ?rea, que despertam o interesse de investidores.

Fazendo um resgate sobre a minera??o de opala no Estado, por exemplo, s? existem, segundo Paes Landim, dois lugares, no mundo, onde s?o produzidas a opala: no Piau?, no munic?pio de Pedro II, e na Austr?lia, o maior pa?s da Oceania, ocupando todo o ?continente australiano?, e v?rias

ilhas adjacentes.

Em Pedro II, localizado a opala ? produzida h? cerca de cinq?enta anos, e de acordo com Paes Landim, de maneira predat?ria. Ele diz que existe uma sangria, ou seja, contrabandos com a opala. Por conta disso, foi criado, recentemente, em Pedro II, um arranjo que conseguiu agregar valores de uma parcela da produ??o de opala.

E para coibir o abuso do contrabando, foi assinado, recentemente, um conv?nio com a Secretaria de Fazenda, IDEPI e o Departamento Nacional de Minera??o (DNPM), para a execu??o de uma fiscaliza??o da explora??o

predat?ria.?Presumo que com o t?rmino da elei??o, o conv?nio assinado comece a ser implementado efetivamente.

A produ??o artesanal de m?rmore ? tamb?m outra das potencialidades do Estado. A produ??o ? vasta na regi?o de Pio IX, localizado a quatrocentos

e trinta e quatro quil?metros de Teresina, onde o ?ndice de aproveitamento da extens?o ? de 20% a 25%, apenas. ?O grave na explora??o de m?rmore, rochas ornamentais e granito ? que a produ??o que sai do Piau? ? como se fosse do Cear?. Isso por absoluta falta de fiscaliza??o de ?rg?os

dos governos federal e estadual. E o que dificulta a produ??o mineral, ainda maior, no Piau?, ? que n?o temos um tear?, observa Paes Landim.

O diretor de Recursos Minerais do Instituto de Desenvolvimento do Piau? diz ainda que ap?s os leil?es para a ANP, o Estado do Piau? ter? uma grande revolu??o na ?rea de minera??o. ?Como diz o vice-governador

Wilson Martins, o Piau? est? estruturado de maneira tal, que s? falta um

pequeno sopro para o processo celerado de gesta??o?, lembra Paes Landim.

Outra grande iniciativa que o governo do Estado prometeu encampar ? a instala??o no Piau?, em rela??o as imensas reservas ferr?feras, de uma usina sider?rgica para agregar valor ? produ??o mineral. ?Nada se faz

sem o min?rio?, ressaltou.

Fonte: Lindalva Miranda, Jornal Meio Norte