Dieta de "Musinha Fitness" divide opiniões dos especialistas

Tudo começou quando a garota, de apenas 9 anos, começou a postar no Instagram uma série de exercícios físicos, acompanahda do pai Wesley Mansur.

Instagram de "Musinha Fitness" divide opiniões

Se você usa as redes sociais com frequência e, especialmente o Instagram, deve estar por dentro da polêmica que envolve a pequena Anna Clara Mansur, de Goiânia, conhecida na internet como "1ª #MusinhaFitness do Brasil". A história dela foi parar no programa Encontro, da Fátima Bernardes. Tudo começou quando a garota, de apenas 9 anos, começou a postar no Instagram uma série de exercícios físicos, acompanahda do pai Wesley Mansur, que é personal trainer, mostrando a sua rotina na academia. A grande questão que fez o assunto vir à tona é o impacto dessas atividades - abdominais e pular corda ou subir no step, por exemplo - para uma criança pequena, inclusive com pequenos "pesinhos" que são muito utilizados na musculação.

Assim que o assunto caiu na rede, o perfil da menina passou dos 900 seguidores para mais de 21 mil. Após o Instagram cancelar a conta, pois a rede social proíbe perfis para menores de 13 anos, a mãe da criança, a empresária Mileny Mansur, resolveu criar outro perfil, o "#MusinhaFitness". Em entrevistas a várias publicações, Mileny ressaltou que a garota não usa aparelhos de musculação e que seus treinos são funcionais. Além disso, destaca a mãe da criança, os exercícios se baseiam em movimentos naturais como pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar. E afirma ainda que só usa pesos de 1 kg no treino para os braços.

Tanto a mãe quanto o pai de Anna Clara reforçam que a ideia de criar o perfil para registrar as atividades físicas partiu da própria criança e que as atividades são leves e de acordo com a estrutura física dela. "A gente faz um trabalho de exercícios funcionais, nas quais praticamente não usamos pesos. E a gente adapta isso à idade da minha filha. São todos de curta duração, lúdicos e trabalham a motricidade [movimentos] da criança", afirmaram em entrevista ao jornal Extra.

Polêmica

Sobre a polêmica causada na mídia em relação ao tipo de treino e exposição da filha na internet, o pai se defende. "A crítica veio dizendo que ela fazia musculação e era marombeira de forma totalmente errônea, pois ela não faz musculação. A Anna não pega peso, faz exercícios funcionais em forma de brincadeira, além de atividades físicas lúdicas em que o perigo de lesão é zero. Ela é muito bem assistida, estou o tempo inteiro ao lado dela. Sou profissional da área, tenho 13 anos de profissão, e isso me deixou bem chateado.

Outra coisa é as pessoas acharem que levantamos isso para vender a imagem da Anna e querer fazer publicidade quando, na verdade, isso nunca aconteceu. A Anna começou com essa história só entre as amigas. Nunca tivemos essa intenção", reforça ele.Wesley destaca ainda que se acontecer [da filha ser garota-propaganda de alguma marca infantil] será algo bem natural. "Por enquanto não temos essa expectativa. Temos a página para ajudar outras crianças.

Se mais para frente essa ideia pegar, vamos tratar isso de forma muito natural. Mas o nosso foco não é esse por enquanto". Além disso, ele explica que, daqui para frente, a garota vai começar a postar os looks dela. Além disso, os pais também já fecharam parceria com duas pediatras nutrólogas que vão dar dicas de saúde.Segundo Wesley, ele vai se aprofundar mais nos treinamentos funcionais voltados para crianças, com uma parte bem lúdica e que possa ser implementada dentro da academia. "O Facebook da Anna vai ser para ajudar as crianças que querem ter uma vida mais saudável e ativa", afirma."Mas estamos explicando para a Anna, de forma muito natural, que é uma coisa de duas vias: ou pode ser positiva e ela ter muitas curtidas, ou pode ser uma coisa que as pessoas não entendam o que desejamos passar. Estamos deixando bem claro que ela pode ter alegrias, como nós estamos passando agora, mas que podem vir frustrações também. Mas a Anna tem a cabeça muito bacana, é inteligente, ela está muito tranquila", explica o pai.


Fonte: Msn