Diretora-geral da OMS vem ao Brasil para falar do vírus da zika

Vírus é 1º grande epidemia após organização ser criticada por ebola

A diretora-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), Margaret Chan, fará uma visita ao Brasil na próxima semana. Chan, sanitarista natural de Hong Kong, dirige a organização desde 2007, e vai discutir com a presidente Dilma Rousseff como coordenar os esforços brasileiros para combate ao zika com o plano global contra o vírus, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.

A OMS ainda não deu detalhes da agenda de Chan no Brasil, como data de chegada e cidades a serem visitadas. Funcionários apenas afirmam que a diretora-geral deve conceder uma entrevista coletiva em território brasileiro na próxima quarta-feira (24).

A médica esteve à frente da iniciativa que terminou por declarar a epidemia de zika uma "emergência global de saúde pública".

Chan foi eleita diretora-geral da OMS após ter sido diretora de saúde em Hong Kong. Em seu primeiro mandato se destacou pelo combate à desnutrição na Ásia e pressão contra problemas sanitários em regimes fechados, como a Coreia do Norte.

No seu segundo mandato, iniciado em 2012, porém, a OMS sofreu muitas críticas pela demora na reação contra a epidemia de ebola no Oeste da África. Uma reação adequada à epidemia de zika hoje é considerada essencial para a OMS recuperar a credibilidade diante de países em desenvolvimento.

A diretora -geral da OMS, em Genebra  (Crédito: Reprodução)
A diretora -geral da OMS, em Genebra (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do G1