Domingo de Ramos reúne fieis em missa em Teresina

Católicos celebram a Missa de Ramos

O Domingo de Ramos é uma das mais importantes datas da religião católica. Ela relembra a entrada de Jesus em Jerusalém e abre a Semana Santa.

A data foi celebrada por cristãos de todas as idades na manhã de domingo, na Igreja das Dores, no centro de Teresina, com a tradicional Missa de Ramos.

A missa abriu o calendário de celebrações da Semana Santa, que acontece em paróquias de toda a capital. "A aclamação com ramos em memória do que aconteceu em Jerusalém, quando Jesus entrou triunfante.

Essa data é a antecipação do que celebraremos no próximo domingo, o Domingo de Páscoa, que é o dia mais importante da fé cristã, e podemos dizer que é o dia mais importante da Semana Santa", disse o a arcebispo de Teresina, Dom Jacinto Brito.

Para Dom Jacinto, a Semana Santa é época de nos aproximarmos de Deus. "Essa é a data de ficarmos próximos de Deus e aprofundarmos nosso sim ao Senhor e que esse sim seja permanente", completou o arcebispo.

Maria de Jesus Pontes, de 80 anos, conta que sempre vai à missa aos domingos e há vários anos não deixa de estar presente na Missa de Ramos.

Para ela, esse é um momento de mostrar sua fé em Deus. "Venho sempre celebrar a lembrança da chegada de Jesus a Jerusalém. Momentos como esses são símbolos de fé e de esperança", afirmou.

As paróquias da Arquidiocese de Teresina realizarão em suas comunidades todas as celebrações referentes ao período Santo. Porém, dois momentos serão realizados em comum para todas as comunidades na Catedral Nossa Senhora das Dores, na Praça Saraiva, que são a Missa e Bênção dos Santos Óleos, a serem usados no Batismo, na Crisma e na Unção dos

Enfermos, presidida por Dom Jacinto Brito, arcebispo de Teresina, que acontece hoje, às 19h; e a Procissão do Senhor Morto, que será dia 29, às 16h30, procissão com as Imagens do Senhor Morto e de Nossa Senhora das Piedade, da Igreja Catedral para a Igreja de São Benedito.

Fonte: Pollyana Carvalho