Dona de casa morre por choque elétrico em Teresina

Ele sofreu choque elétrico quando foi carregar celular com cabo USB

A dona de casa Andreia da Silva Azevedo de 36 anos, morreu na manha de hoje no Hospital de Urgências de Teresina (HUT) em consequência de um choque elétrico que sofreu quando foi carregar seu telefone com o cabo USB.

Andreia, morava no bairro Promorar. Ela sofreu o choque no dia 13 junho, foi levada para tratamento no HUT, mas não resistiu aos traumas internos.

O Instituto Médico Lega (IML) também registrou a morte de facadas do trabalhador autônomo Ferdinando dos Santos Siva, de 37 anos. Ele foi esfaqueado em Timon (MA), onde morava no bairro Novo Tempo. Chegou a ser levado para o HUT, mas não resistiu.

Foi assassinado com 2 tiros de revólver o auxiliar de serviços gerais Graciel Alves Pereira, de 28 anos. Ele foi assassinado em via pública em Monsenhor Gil. Graciel morava no povoado Cachoeira, zona rural do Município.

Morreu vitima de acidente de trânsito a aposentada Maria Alves, de 83 anos. Ela morava no bairro Parque Piauí em Timon (MA). Depois de sofrer o acidente, Maria foi levada para o HUT, mas não resistiu e morreu.

O IML registrou a morte do bancário Paulo Tiago Machado Lima, de 42 anos. Ele era natural de Parnaíba e trabalhava como bancário em Altos (há 32 km de Teresina) e morava no Bairro de Fátima, zona Leste de Teresina. Paulo morreu quando estava dormindo, provavelmente de Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Também foi registrada pelo IML, a morte do trabalhador autônomo José Carlos Sousa, de 38 anos. Ele morava no bairro Monte Castelo, zona Sul de Teresina.


Por Efrém Ribeiro

Fonte: Portal MN