Chile: Mineiros são resgatados pela cápsula ""Fénix II""

Avalos, casado e com dois filhos, é o capataz da mina e segundo em hierarquia depois do chefe de turno, Luis Urzúa

O segundo mineiro retirado da galeria a 700 m de profundidade na mina San José, em Copiapó, é o mineiro Mario Sepúlveda Espinace. O eletricista ingressou na cápsula e iniciou sua subida às 0h55 no horário de Brasília.

Sepúlveda, 39 anos, é casado, pai de dois filhos, e ficou conhecido durante os mais de dois meses de confinamento como um porta-voz conhecido nos vídeos enviados pelos mineiros.

Antes de Sepúlveda, Florencio Ávalos, 31 anos, foi o primeiro homem retirado das profundezas da mina. O resgate foi concluído às 0h10 desta quinta-feira, após 15 minutos de operação. Na sequência serão resgatados Juan Illanes Palma e o boliviano Carlos Mamani.

Ávalos, casado e com dois filhos, é o capataz da mina e segundo em hierarquia depois do chefe de turno, Luis Urzúa. Não gosta de aparecer e trabalhou gravando a maioria dos vídeos difundidos do interior da mina. Estão presos com Florencio seu irmão Renán e o cunhado Osman Araya.

Desmoronamento

Em 5 de agosto, um desmoronamento na mina San José, em Copiapó, deixou 33 trabalhadores presos em uma galeria a quase 700 m de profundidade. Após 17 dias, as equipes de resgate conseguiram contato com o grupo e descobriram que estavam todos vivos por meio de um bilhete enviado à superfície. A partir daí, começou a operação para retirá-los da mina em segurança.

A escavação do duto que alcançou os mineiros durou 33 dias. O processo terminou no sábado, quando os martelos das perfuradoras chegaram até o abrigo onde eles estão. Concluída esta etapa, as equipes de resgate decidiram revestir o duto - ainda que parcialmente - para aumentar a segurança antes de retirá-los. A cápsula Fênix, usada para içar os mineiros, tem 53 cm de diâmetro. Durante todo o percurso de subida, eles terão suas condições de saúde monitoradas, usarão tubos de oxigênio e se comunicarão com as equipes da superfície por meio de microfones instalados nos capacetes.

Fonte: Terra, www.terra.com.br