PI: PRF coloca 200 homens a mais nas estradas federais

PI: PRF coloca 200 homens a mais nas estradas federais

Essa intensificação na fiscalização faz parte da operação de Final de Ano da PRF.

A Polícia Rodoviária Federal reforçou, na tarde de ontem, a fiscalização nas estradas federais que cortam o Estado.

De acordo com o inspetor Raimundo Rameiro, para esse final de semana serão colocados 200 policiais rodoviários federais nas estradas para evitar acidentes, sobretudo nas vias mais movimentadas do Estado. Essa intensificação na fiscalização faz parte da operação de Final de Ano da PRF, que teve início dia 16 deste mês.

?Nós já iniciamos nossa Operação de Fim de Ano, que vai do dia 16 deste mês até o dia 2 de janeiro e durante todo esse período nossa atenção será redobrada. No entanto, o Natal é uma das datas de pico do fluxo de veículos, portanto nosso reforço será bem maior neste final de semana?, disse o inspetor.

Além dos 160 policiais que se revezam em regime de plantões, esse final de semana contará ainda com mais 40 homens. De acordo com o inspetor da PRF, o fluxo de veículos deve ser maior na BR 343, que dá acesso ao litoral do Estado, e esse trecho terá atenção especial dos policiais, sobretudo na tarde de domingo, que é o horário de retorno da maioria dos viajantes.

?Apesar de o Natal ser no domingo, a maioria das pessoas tem atividades na segunda-feira, portanto voltam antes e estamos preparados para o grande número de veículos nas BRs nesse dia?, afirmou.

Curva da Raposa e Volta da Jurema: perigo

Como a BR 343 será a via de tráfego mais intenso estes dias, Rameiro alerta para alguns trechos bastante perigosos, como a Curva da Raposa, nas proximidades de Altos, a Volta da Jurema, em Piracuruca, e a curva do rio Pirangi, próximo a Buriti dos Lopes.

?É importante que os motoristas redobrem a atenção nestes locais e que sobretudo reduzam a velocidade para evitar acidentes?, pontuou. Outro alerta do inspetor é em relação aos perímetros urbanos.

Segundo ele, os motoristas costumam não reduzir a velocidade quando entram em cidades e isso é responsável por acidentes.

?A segunda maior causa de acidentes no Piauí é atropelamento de pedestres. Os motoristas tendem a manter a mesma velocidade das BRs quando entram nas cidades e isso aumenta o risco de acidentes?, afirmou. Outro fator que traz perigo às estradas são as ultrapassagens mal feitas e realizadas em locais proibidos.

?Essa é a primeira maior causa de acidentes no Estado. Dados mostram que de cada dois acidentes causados por ultrapassagem em locais proibidos, um resulta em morte. Esse tipo de acidente é o que mais mata no Estado?, finalizou.

Fonte: Jornal Meio Norte