É Hoje! Grande festa do Prêmio Piauí de Inclusão Social

Durante sete meses, iniciativas que promovem a melhoria do Piauí foram reveladas pelo Sistema Meio Norte

Hoje à noite, todo o Piauí poderá acompanhar ao vivo, pela TV Meio Norte, a entrega do prêmio Inclusão Social 2009. Serão premiados os projetos que mais se destacaram na geração de empregos, renda, respeito ao meio ambiente e inclusão social. No total, 27 iniciativas foram mostradas pelo Jornal e TV Meio Norte. No campeonato do bem, no entanto, todos são ganhadores.

Realizado desde 2005, fruto de uma parceria entre o Sistema Meio Norte de Comunicação e do Governo do Estado, a ideia do prêmio é mostrar iniciativas de empresas, órgãos governamentais, não-governamentais, cooperativas, associações e empreendedores individuais que cumprem um papel social no Estado. As mais inovadoras e huma-nizadas devem receber um troféu na noite de hoje.

Mais que mostrar uma grande corrente positiva de cidadania, a proposta do Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte e do Governo do Estado é tornar essas iniciativas como exemplos a serem seguidos.

"Os casos que o Jornal e a tv Meio Norte mostrarm durante sete meses terminam servindo de incentivo e modelo para que outras pessoas também possam fazer a mesma coisa, formando uma corrente positiva que engrandece o Piauí", destaca o diretor de jornalismo do Meio Norte José, Osmando de Araújo.

O critério de escolha leva em conta como os empreendedores fazem no seu dia-a-dia ações de inclusão e elevação de cidadania. Os projetos foram escolhidos após a análise das matérias veiculadas no Jornal e Tv Meio Norte às quintas-feiras desde o mês de abril até novembro.

Quem coordena a comissão julgadora é a Fundação Cepro, através de um regulamento próprio. Após a publicação das matérias, a instituição distribui o material entre os demais julgadores. São eles: CUT, Sindicato dos Jornalistas, Embrapa, Secretaria do Traba-lho, DRT, Sesc, Sest/ Senat, Sesi, APPM e UFPI.

"Termina sendo um radar do bem, da construção da elevação da autoestima", afirmou o consultor de jornalismo do Sistema Meio Norte de Comunicação, José Osmando.

Fonte: Jornal Meio Norte, www.jornalmn.com.br