Abilio Diniz pode deixar o grupo Pão de Açúcar por US$ 7 bilhões; empresário nega

Abilio Diniz pode deixar o grupo Pão de Açúcar por US$ 7 bilhões; empresário nega

O empresário pode tentar comprar uma participação no controle global do Carrefour

O empresário Abilio Diniz estaria negociando a sua saída do Grupo Pão de Açucar por US$ 7 bilhões (cerca de R$ 14,3 bi), de acordo com nota publicada na coluna Direto da Fonte, de Sonia Racy, no jornal "O Estado de S.Paulo" nesta quarta-feira (11).

Segundo a nota, o empresário pode tentar comprar uma participação no controle global do Carrefour, empresa concorrente do Pão de Açúcar no varejo.

Consultado, Abílio Diniz diz que ?seria uma maravilha se isto estivesse acontecendo?. Porém, afirma que não está conversando com ninguém.

Abilio perdeu controle do Pão de Açúcar em operação frustrada

O francês Jean-Charles Naouri, presidente-executivo e do conselho do Grupo Casino, foi eleito em junho para assumir o comando do Grupo Pão de Açúcar (PCAR4.SA), no lugar do empresário brasileiro Abilio Diniz. O Grupo Casino e a família Diniz dividem a direção do grupo por meio da holding Wilkes Participações.

No ano passado, o Pão de Açúcar foi objeto de uma intensa batalha entre o grupo Casino e Abilio Diniz, que tentou se aliar ao Carrefour, concorrente direto do Casino. A ofensiva da parte brasileira terminou em fracasso.

O plano de fusão, revelado em 28 de junho, previa a união dos dois maiores grupos de distribuição brasileiros --o Pão de Açúcar e o Carrefour Brasil-- para criar um gigante avaliado em US$ 41,899 bilhões.

Fonte: UOL