Balança comercial inicia mês com superávit

Resultado positivo é computado após duas semanas de déficit

A balança comercial brasileira iniciou outubro com um superávit de US$ 415 milhões, contabilizado entre os dias 1 e 4 deste mês, informou nesta segunda-feira (5) o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). O resultado positivo veio após duas semanas de déficit - quarta e quinta semanas de setembro, com déficits respectivos de US$ 23 milhões e de US$ 10 milhões.

No mês passado inteiro, foi registrado um superávit de US$ 1,33 bilhão, o menor resultado mensal desde janeiro deste ano. Exportações e importações A melhora no saldo comercial, registrada no início deste mês, se deve a um crescimento das exportacões e, também, a uma queda das compras do exterior, na comparação com o mês de setembro.

Entre 1 e 4 de outubro, as exportações brasileiras somaram US$ 1,42 bilhão, com média diária de US$ 713 milhões - acima dos US$ 660 milhões de setembro deste ano. Ao mesmo tempo, as importações somaram US$ 1,01 bilhão no começo de outubro, com média diária de US$ 506 milhões.

Abaixo, portanto, do valor de US$ 596 milhões importados, por dia útil, em setembro deste ano. Acumulado do ano No acumulado de janeiro a 4 de outubro deste ano, o superávit da balança comercial brasileira somou US$ 21,69 bilhões, o que representa um crescimento de 9,5% em relação ao saldo registrado em igual período do ano passado (+US$ 19,81 bilhões). A explicação para o crescimento do superávit da balança neste ano está relacionado com a queda maior das importações no decorrer de 2009, em consequência da crise financeira internacional.

Neste ano, até 4 de outubro, as exportações somaram US$ 113,21 bilhões com queda de 25% frente ao mesmo período de 2008, enquanto as compras do exterior totalizaram US$ 91,52 bilhões, com recuo de 30,4%. Projeções O Banco Central informou nesta segunda-feira (5) que a projeção do mercado financeiro para o saldo positivo da balança comercial em 2009 subiu de US$ 25,3 bilhões para US$ 25,8 bilhões. Há alguns meses atrás, a expectativa de saldo positivo estava em US$ 16 bilhões para este ano.

Em 2008, a balança comercial teve superávit de US$ 24,7 bilhões, com forte queda de 38,2% frente ao ano de 2007, quando o resultado positivo somou US$ 40 bilhões. O Banco Central estima um superávit comercial de US$ 27 bilhões para este ano, mas prevê um saldo positivo de US$ 19 bilhões em 2010. Já a expectativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) é de um resultado positivo de US$ 28,5 bilhões em 2009.

Fonte: g1, www.g1.com.br