Barril do petróleo chega a US$ 120 em NY

O preço do barril do petróleo disparou nesta segunda-feira em Nova York, chegou a cravar os US$ 130

O pre?o do barril do petr?leo disparou nesta segunda-feira em Nova York, chegou a cravar os US$ 130 (alta 24,34% em rela??o ao fechamento anterior), mas desacelerou pr?ximo ao fechamento, para US$ 120,92, com um acr?scimo ainda significativo, de 15,66%.

A alta de mais de US$ 25 que o barril do petr?leo cru para entrega em outubro chegou a atingir nesta segunda-feira na Nymex (Bolsa Mercantil de Nova York, na sigla em ingl?s) foi o maior salto de pre?o registrado em um ?nico dia.

O rally na cota??o da commodity foi motivado pelas expectativas sobre o pacote de socorro ao sistema financeiro anunciado pelo governo dos Estados Unidos no ?ltimo s?bado, pela fragilidade do d?lar diante de outras moedas e pelo vencimento dos contratos de petr?leo de outubro.

Os contratos do barril de petr?leo cru para entrega em outubro saltaram US$ 25,45, para US$ 130, e antes do fechamento recuaram para US$ 120,92, em acr?scimo de US$ 16,37. O contrato expira hoje, adicionando volatilidade aos mercados, com os investidores em uma corrida para cobrir posi??o.

Os contratos para entrega em novembro, nova refer?ncia, encerraram a sess?o aos US$ 109,37, em alta de US$ 5,94.

O petr?leo deu os primeiros sinais de ascens?o na ?ltima sexta-feira, quando o barril disparou 6,8%, para US$ 104,55 ap?s estar pr?ximo de situar-se abaixo dos US$ 90.

Al?m do vencimento dos contratos do barril para entrega em outubro, as negocia?es tamb?m foram impulsionadas pelas expectativas de que o plano do governo norte-americano de comprar pap?is problem?ticos e outros ativos associados a hipotecas consiga estabilizar os mercados e favorecer o aquecimento da economia.

No ?ltimo s?bado (20), o governo do presidente George W. Bush prop?s um plano que d? autoridade para o secret?rio do Tesouro, Henry Paulson, comprar at? US$ 700 bilh?es em ativos relacionados ?s hipotecas para dissipar a grave crise financeira.

O pacote tamb?m permitir? aumentar o limite da d?vida p?blica para US$ 11,3 trilh?es e conceder ao secret?rio do Tesouro a autoridade para comprar, vender e manter hipotecas residenciais e comerciais, assim como garantias baseadas nessas hipotecas.

Hoje, o Fed (Federal Reserve, banco central americano) tamb?m aprovou a convers?o imediata dos dois ?ltimos grandes bancos de investimento americanos, Goldman Sachs e Morgan Stanley, em bancos de varejo. A mudan?a pode ajudar as duas institui?es a superar a atual crise financeira, ap?s a quebra do Lehman Brothers na segunda-feira passada.

Estimativas de que a demanda mundial do petr?leo crescer? este ano e menos do que se esperava em 2009 t?m pressionado a queda dos pre?os, que nos ?ltimos meses t?m se afastado do recorde de US$ 147 registrado em julho.

Fonte: g1, www.g1.com.br