Bolsas européias caem à espera de ajuda de US$ 700 Bilhões

Conforme dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300 caiu 1,64%, para 1.108 pontos

As a?es europ?ias fecharam em queda acentuada pelo segundo dia consecutivo nesta ter?a-feira (23), ? medida que os investidores se preocupavam com o destino do plano de ajuda ao setor financeiro de US$ 700 bilh?es, que os Estados Unidos tentam aprovar no Congresso.

Conforme dados preliminares, o ?ndice FTSEurofirst 300 caiu 1,64%, para 1.108 pontos, continuando o movimento de queda da segunda-feira, que foi de 2,1%, ap?s uma alta recorde na sexta-feira.

Entre os principais mercados, as quedas foram de 1,91% em Londres, de 0,64% em Frankfurt e de 1,98% em Paris.

Setores

As a?es de bancos foram as que mais contribu?ram com as perdas do ?ndice, com os pap?is do UBS desabando 7,9% e os do Royal Bank of Scotland caindo 5,9%.

Os pap?is de mineradoras tamb?m ca?ram acentuadamente, na esteira dos pre?os dos metais. Os ativos da Anglo American despencaram 8,2%, maior perda individual no ?ndice, enquanto os da Rio Tinto recuaram 5,1%.

O chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, e o secret?rio do Tesouro, Henry Paulson, enfatizaram ao Congresso as terr?veis consequ?ncias de um fracasso em se aprovar rapidamente o plano do governo para comprar centenas de bilh?es de d?lares de ativos relacionados ao abalado setor de hipotecas.

"Paulson e Bernanke far?o o m?ximo para motivar o senso de urg?ncia no Congresso, mas isso ? particularmente delicado devido ? ?poca das elei?es, e os pol?ticos v?o ocupar todo o espa?o que tiverem com mudan?as populistas", disse Emiel van der Heiligenberg, diretor de aloca??o de ativos do Fortis Investments.

Fonte: g1, www.g1.com.br