Brasil é segundo país mais atraente para investir em imóveis, diz pesquisa

Com 16% dos votos, o Brasil subiu dez posições no ranking e tomou da China o segundo lugar

O Brasil é o segundo mercado atraente para os investidores internacionais de imóveis, atrás apenas dos Estados Unidos, segundo uma pesquisa realizada por uma associação norte-americana.

O levantamento foi feito pela Associação de Investidores Internacionais de Imóveis (Afire, na sigla em inglês) no quarto trimestre de 2008, com os cerca de 200 membros da entidade. Os participantes da pesquisa detêm cerca de US$ 1 trilhão em imóveis.

Com 16% dos votos, o Brasil subiu dez posições no ranking e tomou da China o segundo lugar na preferência dos investidores. A Grã-Bretanha também subiu significativamente no ranking, passando da nona para a quarta posição. Os EUA tiveram 37% dos votos, refletindo a confiança dos investidores no maior mercado do mundo, apesar da crise financeira.

Apesar da alta na preferência, o Brasil ainda não aparece na lista dos países que oferecem um ambiente mais estável e seguro aos investimentos em imóveis. Nessa lista, os EUA levaram 53% dos votos, com o segundo lugar dividido entre a Alemanha e a Suíça.

Entre as cidades, a capital federal dos Estados Unidos, Washington, tomou de Nova York o primeiro lugar na preferência dos investidores internacionais. Londres e NY aparecem na segunda e terceira posições, respectivamente, seguidas por Tóquio e Xangai.

Investimento

De acordo com a pesquisa da Afire, os estrangeiros planejam investir mais em 2009 do que em 2008. Frente às transações completadas até outubro de 2008, os planos são de investir 54% globalmente e 48% mais dentro dos Estados Unidos.

"Como esperam que fundamentos mais favoráveis aos investimentos retornem em 2009, nossos membros devem agir mais agressivamente nas aquisições", apontou, em comunicado, o presidente da Afire, C. MacLaine Kenan.

Fonte: g1, www.g1.com.br