"Bruna Surfistinha" não eleva renda do cinema nacional que cai

"Bruna Surfistinha" não eleva renda do cinema nacional que cai

Foram vendidos 143,9 milhões de ingressos no último ano.

A Agência Nacional de Cinema (Ancine) divulgou nesta segunda-feira (30) um balanço do mercado cinematográfico no Brasil em 2011.

De acordo com o relatório, foram vendidos 143,9 milhões de ingressos no último ano, totalizando uma renda bruta de R$ 1,44 bilhão de reais.

Em 2011 foram lançados 99 filmes nacionais, maior número da última década e os filmes brasileiros foram responsáveis pela venda de quase 18 milhões de ingressos, com uma renda bruta de R$ 163 milhões, resultado que está entre os três melhores dos últimos dez anos, mas que não superou os números de 2010, quando o cinema nacional arrecadou R$ 226 milhões.

Apesar de três filmes brasileiros ("De Pernas pro Ar", "Cilada.com" e "Bruna Surfistinha") terem ficado entre as 20 maiores bilheterias em 2011, houve uma queda de 30% na bilheteria dos filmes nacionais em relação a 2010, ano em que foram lançados "Tropa de Elite 2" e "Nosso Lar".

Além de "De Pernas pro Ar", "Cilada.com" e "Bruna Surfistinha", outras quatro produções brasileiras superaram a marca de um milhão de ingressos vendidos: "Assalto ao Banco Central", "O Palhaço", "O Homem do Futuro" e "Qualquer Gato Vira-Lata".

A renda dos filmes estrangeiros também teve crescimento, dobrando de valor em cinco anos e alcançando R$ 1,27 bilhão. Isso se deve a um crescimento de 60% na venda de ingressos e de 30% no valor do ingresso. O preço médio do ingresso foi de R$ 9,99.

Veja a lista das 20 maiores bilheterias de 2011 no Brasil.

1 A Saga Crepúsculo

2 Rio

3 Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2

4 Os Smurfs

5 Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas

6 Enrolados

7 Gato de Botas

8 Velozes e Furiosos 5

9 Carros 2

10 Transformers: o Lado Oculto da Lua

Fonte: UOL